Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

o Amor e a lua cheia



Ao olhar a lua tão bela
Sinto em meu peito doce pressão
De saber que um homem me espera
Longe quem sabe, a guardar meu quinhão.
                                                       Silvia
Falar de amor que guardo no meu peito
Certeza de querer saber de alguém q me faz pensar melhor
Junto com essa Lua Cheia me encontro por estar longe do meu bem
Tanta vontade acumulada q dói no fundo da alma.
                                                                    Adilson
Estarei contigo em toda parte
Rezarei por ti a cada angustia
Velo teu sono como o da criança
Por amor que lua cheia alguma substituirá
                                                         Silvia
Amores que se vêm e se vão
Saudade que aperta o coração
Dias que amanhecem com o novo sol brilhoso e lindo
Estarei em um lugar a cada segundo da minha vida procurando  meu grande amor
               Adilson
Você ignora meu amor, que de onde estou.
Cada passo seu ilumino com a lua
Sei que sofres por essa temporária separação
Que ainda não entende e se rebela
                                              Silvia
Morarei no coração de quem me ama,
Amarei quem me quer
Sentirei para todo sempre os bons sentimentos ate o fim da minha vida
Estarei olhando para o céu onde um dia estarei
                                                                 Adilson
Toda a minha vida te dediquei
Resta-me agora te deixar a recordação de amor e lua cheia
Que muitas vezes nos fez delirar
Amando com supremacia e sofreguidão
Vem e me faz viva novamente
Por que em teus braços quero morrer
Ao delirar... De prazer
                             Silvia
Porém assim vou seguir
Nessa estrada cheia de espinhos e surpresas, aprendendo a me conhecer
Amando essa Lua q me faz amar mais e mais
Trago no peito o sabor do amor que um dia eu conheci
Assim minha querida Lua me faz o que sou
Romântico e sempre um sonhador
                                                Adilson




Silvia fedorowicz e Adilson Abe

Um novo poeta que em breve estara ao nosso lado!
Mulher Camaleoa
Enviado por Mulher Camaleoa em 22/11/2007
Reeditado em 22/11/2007
Código do texto: T747089

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Ao copiar um poema, de-lhe o devido credito e o site de onde foi retirado). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Mulher Camaleoa
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
369 textos (15680 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/10/17 08:07)
Mulher Camaleoa