Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Do Pranto e da Vida_Maria Petronilho & ventos dos tempos - MariaThereza Neves

Do Pranto e da Vida

    Maria Petronilho


    Porque se  alivia a alma
    quando se chora,


    Se no  momento que passa
     o pranto é a dor que fica?


    O pranto é um mar sem fundo
    deserto sem fim à vista.


    É um anjo de asa negra


    Ri-se do vento e do tempo
     nenhuma  mordaça o cala


    No fundo da nossa alma
    alteia espinhos e grita


    Fogo posto que consome
    em rubras dores a vida!


    24/5/2002

&

  ventos dos tempos
  Maria Thereza Neves



  disparo no voar das folhas
  nas finas laminas caindo na grama
  no vento que com elas dança
  no trigo dourado que balança
  entro nesta contradança
  desabafo sentimentos-emoções errantes
  escrevendo letras estonteantes
  nas curvas
  e nos horizontes

  debruço no tempo
  tento deter os ponteiros da vida
  vejo metas e sonhos correndo
  nos vendavais das estrelas
  na poesia que venta sedenta
  no declínio da luz
  nos fragmentos da lua
  nas ondas,nos escorregar das maresias
  gravando nas rochas
  as folhas da nossa história.
  __________________
  JF/MG-29/08/2002-15h48
Maria Thereza Neves
Enviado por Maria Thereza Neves em 05/01/2006
Código do texto: T94802
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Maria Thereza Neves
Juiz de Fora - Minas Gerais - Brasil
3341 textos (90992 leituras)
6 e-livros (224 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 14:51)
Maria Thereza Neves