Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
MELHORES DUPLIX, TRIPLIX E MULTIPLIX - 2002


Indiferença paradoxal / No horizonte da tarde
Marcelo Marques / Judith de Souza 

Se você se for,//quando anoitecer,
Sei que não vou sofrer://vou me encolher,
Meu coração vai parar de bater.//como asas cansadas 



Guerreiro / Nordestino
Oswaldo Martins / Marcelodasnuvens 

Amante da terra,//inimigo do asfalto
Berra sertanejo em guerra//Grita em tom alto
Contra a seca-fera//contra os homens do planalto 



Antes, o verão / Hoje a fadiga / Amanhã, o descanso
Márcia Maia / Marcelodasnuvens / Marcelo Marques 

mormaço, modorra//Chega o cansaço//Quando a força é fraqueza
e um quase-poço fundo//gerado pelo mundo//e se arrasta o caminho
a abrir-se-me aos pés//testando minha fé//melhor é crer na eternidade. 



Desilusão / E eternidade
Jucineia / Eliana Mora 

Não há piratas...//os anjos se foram
neste mar//sem rumo, velas, capitães
de vidas naufragadas//A escorrer nas rochas centenárias... 



Ocaso / Ou-ásis
Cauneto / Eliana Mora 

no pôr-do-sol//quase rubro, escaldante
um beijo escarlate//derrama-se em doces tragos
abrasa o amor ressurgido//Faz-me vinho, anjo, menino. 



Almafágico / Meio drácula / Desafiando a física
Sonia / Eliana Mora / Aila Magalhães 

sorveu-a//ávido//tua gargalhada
no último//espasmo antes do Sol//ecoa todas as noites
cantil//explode em néctar rubro...//no vão da escada... 



Sozinho / Caminho / Em minha nascente / O meu renascer
Pedro Cardoso / Jucineia / Marcelodasnuvens / Wanderson Mendes 

rio//de meu pranto//que deságua//quente
e canto,//nos cantos//em minha mágoa//o meu renascer
no meu desaguar//mar de lágrimas...//deserto de meu ser//fonte eterna de novas forças 


A arte da palavra / Em cena
Gabriel Perissé / Lílian Maial 

Quanto mais escravo,//atado às letras
mais livre//ateio fogo
escrevo//meu papel derradeiro 



Mar pirata / Guardião / Disrítmico
Lílian Maial / Otávio Coral / Jussara Midlej 

concha no ouvido//ecos de fantasia//meandros dissonantes
ciúme ou saudade//sentimentos anversos//alojados na alma
coração de ostra//guardando a pérola//para sempre! 


Instigante / Mistério
Otávio Coral / Marilda Confortin 

na emoção descampada//a paixão alastra
o mistério dos ventos//não faz morada
não deixa rastros//mas corr(o)e por dentro 



Conjunção / Perigosa / A beira mar
Aila / Jussara Mildlej / Angel 

ela, nua//insinua//atiça
ele, de lua//atua//cobiça
sol da meia-noite//raia//na praia 



E... / Bem-te-vi / Afago
Otávio Coral / Lílian Maial / Paulo Orlando 

e os olhos se viram//no espelho//reflexo do silêncio
e ânsia se fez toque//no coração//meiguice
e o prazer ancorou//na pele//da alma 



Impressões /Reimpressões / Expressões / Inexpressão
Otávio Coral / Jussara Midlej / Marcelo Marques / Paulo Orlando 

É o vento//é o mar//Ambos envolvidos//a natureza ressurgida
É o sussurro//é o gemido de amor//nossos toques, nossos sons...//eu, você, nós dois...
Em tudo tua voz!//em tudo, nós!//Nossas expressões de tudo.//lembranças de outra vida. 


Você diz / O que quer
Sonia Godoy / Eliana Mora 

mas eu decido//à tua revelia
se foi promessa//por que bebi demais
ou ameaça//por que estavas lúcido... 



Volátil / Volúvel / Grácil
Paulo Orlando / Lílian Maial / Paulo Orlando 

Ruído de flor//desabrochada//pétalas partidas
No perfume//de madrugada//ondulações
do vento.//deixa rastros...//invisíveis 



Refilmagem//Curta-metragem//do olhar masculino//sobre um traseiro feminino
Argemiro Garcia // Angela Bretas // Jussara // Marilda 

Assisti passar a menina//Esfreguei os olhos deslumbrado//fiquei embasbacado//feito velho babão
Sem prestar atenção.//Esqueci de dar um ''pause''//enturvei o olhar//perdi o controle:
Como se rebobina?//Quero ver de novo!//a bunda da menina!//Preciso passar a mão. 



Almoça-me//Saboreia-me//Come-me//Toma-me//Afinal//A Sobremesa
(Quelhas) (Bretas) (Deja) (Confortin)(Paorsa) (Maial) 

Tempera-me//em nossa cama//o espaço da mesa//recheio de carne//amassada//com amor
Unta e assa-me//em tua forma//eternamente farta//di versos sabores//sorvida//aos bocados
Digerimo-nos//em nosso forno//degusta a nossa língua//amore mio!//uau!//doce calafrio! 



Seio Ma(mil)o
Aila Magalhães // O Poeta das Sombras

pétala rosada//flor em botão
onde te deito,//cresce sem jeito
te aleito, me deleito...//ao toque da mão 



Constatação Conformada Teu par
Aila Magalhães Lílian Maial Marcelo Marques

na gaveta,//entre tantas//tua outra parte
uma meia sem par,//puída//desgastada sim, por ti
tal qual eu...//a morrer cerzida//e sempre contigo. 



Metamorfose Mutável estrutura
Pedro Cardoso Marcelo Marques

cresci como pessoa,//vivi por instinto
meu medo//de ser humano
é morrer como bicho//temendo ser extinto. 



Nebulosa Despedida
Angela Bretas sara fazib

o sol desaparece,//nem bem amanhece
frio... em tonalidades calmas,//um adeus
obscurece o céu de minh'alma//cerra as portas do dia 



Meteorologia Nevoeiro Anticiclone
aila magalhães Jussara Midlej Martinho Branco

a lembrança, ainda quente//aparece de repente//breve instante
faz desabar dos olhos//imagens recentes//(su)ave emoção...
um temporal de saudade//e eu só, reticente...//mergulho na multidão... 



(Fr)agilidade Lição de vida
Martinho Branco IsarMariaSilveira 

Nos rochedos inóspitos//no asfalto,
uma flor//semente baldia
espreguiça-se ao sol//espiando a luz do dia 



Aquacultura Em teu jardim
Martinho Branco Aila Magalhães 

Um mar//verde-água
de peixes como couves//brotando
na horta//de teus olhos... 



Visão Teu olhar Cego
Ângela Bretas Judith de Souza Marcelo Marques 

A graça do olhar//ganha o espaço//No escuro
voa//até mim//livre, sem muros
de graça...//e me caça//sabe-se seguro. 



Doce é ver Você Qual beija-flor Troca de sabor
Aila Sávio Oswaldo Martins Marcelo Marques 

Um beija-flor//luminosamente//vem sugar a flor//tomando para si
colhendo versos//em meus sonhos//sem pudor, derramando amor//e entregando-se
em papel-pétala...//Seu rosto revela//um ser terno...Calor!//Ao beijo da flor. 



ardor a dor
sonia / ksh

a dor//amor
arde//sem cor
no ar//noir 



Carandiru Sem saída
Pedro Cardoso / Angela Bretas

na cela, de quatro,//tal qual rato encurralado
o vagabundo gritava://me tirem daqui
sou inocente//quero sair! 



branco de neve a la creme du chocolat
aila magalhães / Angela Bretas / Lílian Maial

a espuma de barba//deslizando em teu pescoço//tostado do sol
me faz lembrar o chantilly//escorrendo em tua boca//com o gosto do cacau
e penso logo em brincar...//me derreto toda//neve infernal 



Calcinha de renda//Negra & Transparente//Premiada //Máscara frágil
(Beto Quelhas) (Lílian Maial) (Angela Bretas)(Marcelo Marques)

Repleta de flor//adorna//contorna//Cobre, desvenda e excita,
Esconde segredos//o mistério//o tesouro//a descoberta
Do nosso amor//úmido//túmulo... do prazer//que ressuscita. 



Foto(grafia) Revelada
Pedro Cardoso Angela Bretas 

em seu corpo//no quarto escuro
vou revelar//só para ti
os meus segredos//preto no branco. 



Pão com Sabão Cica no Batom Autofagia
Djalma Filho Lílian Maial Sonia 

a língua aflita,//estranhando o lábio//afrodita
em corpos iguais,//boca sedenta//lambe o dentro
roça em fala própria.//cospe saliva sangrenta//e suga o próprio falo 



Teu fogo Vulcânico Em erupção Constante
lílian maial Angela Bretas lílian maial Angela Bretas 

labareda//tocha-viva//ardendo//latejando
lava//magma//vulcão errante//explode sem recato
brasa escorrida//arde em vida!//na pele dos amantes//apaixonados... 



o s s e v A A v e s s o
(Aila Magalhães Marcelo Marques)
Ao emergir//do teu avesso 

tornei-me espelho//virei reflexo
de tuas mágoas...//para emergir de ti.
Jaguaribe // E outro rio// Tietê 


Jaguaribe // E outro rio// Tietê
(Aila Magalhães Márcia Maia Marcelo Marques)
Navego-te,//meu Capibaribe//Vejo-te ainda rio.
e em teu leito,//deslizo, sonho://Vejo-te ainda limpo...
rio-em-mim...//rio de mim.//rio de prantos em mim. 



MULHER MINEIRA MULHER BAIANA MULHER CARIOCA
Judith de Souza Jussara Midlej Lílian Maial 

Minas me fez//a Bahia me refez://já nasci pronta!
de pedra e flor//gabrielices e sabor//cheiro de sol
pronta para o que for//nas levadas do Pelô!//braços abertos para o mundo.
Movimento Poetrix
Enviado por Movimento Poetrix em 25/11/2006
Reeditado em 21/04/2011
Código do texto: T301237
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Goulart Gomes). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre o autor
Movimento Poetrix
Salvador - Bahia - Brasil, 51 anos
90 textos (61572 leituras)
8 e-livros (3492 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 18:40)
Movimento Poetrix

Site do Escritor