Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Ensaio sobre o ser....

Claro que depois de certo tempo de ausência, o ser humano se lança na tentativa de recuperar o tempo perdido, enquanto estava fora de um circuito habitual.... não é diferente para os que pensam que a vida é feita de sorrisos e fechações.... eternas, ao ponto de não chegarem ao fim.....

Mas a verdade é que o tempo é o melhor remédio e bálsamo... tudo conspira a nosso favor.... ele é o espírito crítico e consciente de nossa própria consciência....
Pensa-se enganado na maioria das vezes em relação às nossas posturas e comportamentos sociais... eu sou projeção de meu inconsciente... mas que na verdade sou o que os outros, minha consciência deseja e quer.... é a relatividade das coisas... o fluir natural de nossas atitudes...

Às vezes estrapolamos a medida sensata e o limite moral de nossas relações e o resultado de tudo isso é trágico e constrangente.... mas nada que não seja motivo de reflexão e tomada de nova postura diante de tal ação negativa em nossas vidas....

Tentar fazer uma pose de superior e com isso pensar que é o tal, de nada resolve.... pelo contrário, faz com que cada vez mais as pessoas mais achegadas a nós, avaliem as relações que mantêm conosco e repensem em suas atitudes e afetos diante de tais relacionamentos...

A cumplicidade é fruto natural e harmonioso de qualquer relacionamento, afetivo ou sexual.... às vezes há tanta cumplicidade que não é preciso nenhuma palavra para exprimir qualquer outro tipo de reação ou atitude fatual... isso é óbvio... mas passar por cima dessa cumplicidade por circunstâncias que não duraram mais que duas horas ou mais alguma coisa.... é ridículo.... pergunto-vos onde reside toda amabilidade e afeto cultivados de tantos anos.... onde encontra-se toda espontaneidade e cumplicidade conquistada através de momentos bons ou maus.... é intrigante tal tipo de comportamento nesses casos em que se evidenciam uma atitude esnobe e egoísta do ser humano....

É fruto de nossa formação, judaico-cristã, um pouco de culpa diante de determinadas situações de vida... mas não temos que nos culpar diante de pessoas "birrentas" e insatisfeitas com a vida que levam no momento atual.... não somos feitos para levarmos pancadas e absorvermos a energia não muito positiva dos outros.... somos energias positivas... focos de luzes que iluminam a nossa caminhada e direção superior....

Então, para que ficarmos maldizendo-nos porque A ou B não gosta de nossas pessoas ou que pouco caso nos fazem.... o problema são deles.... creio que a atitude mais sensata e amigável no momento não é também comportar-se como eles... pelo contrário.... mostrar-nos compreensivos e tolerantes.... sim, a tolerância é fundamental em qualquer tipo de relação social.... tolerar diferenças raciais, religiosas, étnicas, sociais... o caminho é esse...

Também nos dispor a um melhor entendimento humano.... centrado em nossos conceitos e idiossincrasias que ao longo do tempo vamos incorporando... a aculturação, os novos conhecimentos e possibilidades que a vida vai nos apresentando....

E por último nos amar.... sempre e constantemente amar-nos... primeiro eu e depois o outro... não que isso seja uma forma egoísta e individualista nos dias de hoje... pelo contrário, faz-se necessário e importante tal sentimento numa sociedade cada vez mais descartável e maléfica....

É assim e dessa forma que caminhamos para dias melhores...

André Ícarus
Enviado por André Ícarus em 26/01/2006
Código do texto: T104239
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
André Ícarus
Recife - Pernambuco - Brasil, 38 anos
197 textos (20702 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 23:10)
André Ícarus