Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Medos Solitários - III

Alguns medos são tornados marcas profundas pela quantidade de vezes em que o mundo bate em nossa cara, sem pedir licença, enfiando ainda, goela abaixo, toda sorte de desinformação.
Alguns medos são fabricados pela nossa ignorância & pela falta de arriscar nesse jogo da vida, preservando o aparato mínimo de sobrevivência conquistado as duras penas.
Alguns medos surgem pela nossa falta de coragem de encarar o mundo com suas dores, cores & tons, do seu gigantismo avassalador diante de nossa insensata pequenez.
Não sou o mais corajoso de todos, mas boto a cara no mundo, nem que seja para ficar tomando porrada. De repente, vou aprendendo & apanhando menos.

Peixão89
Medo de Amar - 1984
Peixão
Enviado por Peixão em 13/04/2005
Reeditado em 30/08/2009
Código do texto: T11046
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Peixão
Santo André - São Paulo - Brasil, 57 anos
3231 textos (120250 leituras)
1 e-livros (241 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 06:50)
Peixão