Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Lobos e cordeiros...

Sinto-me cansado bastante.... ao longo do dia quanta responsabilidade me foi apresentada.... aos poucos vou tentando cumprí-las.... na medida do possível de forma satisfatória para os que me solicitam e agradável para mim.... lembro-me de um pensamento que cai como uma luva aqui: "Não basta fazer coisas boas, é preciso fazê-las bem." Sto. Agostinho.

Mesmo assim com a consciência do dever cumprido sinto-me, às vezes, chateado com a atitude das pessoas... por mais que você se esforce por atender bem, cumprir suas tarefas no menor tempo de espaço possível, de forma eficiente e eficaz, mesmo assim as pessoas não percebem a importância de tudo isso.... não quero dizer que elas deveriam colocar-nos no alto e gritar: você é maravilhoso!!! e coisas desse gênero....

Não.... mas perceber essa importância de forma discreta, cordial, mister.... também não são todas que se comportam dessa maneira.... para tudo há sua exceção.... e não deveria ser diferente aqui.... encontramos pessoas sinceras, amigas, honestas.... nas quais confiamos, gostamos.... mas também encontramos muitas pessoas que nos querem não muito bem, ou quase nada...

No mundo em que vivemos essa atitude das pessoas é profundamente perceptível.... a olhos nus.... não é preciso ir muito longe para perceber... as pessoas que estão ao nosso lado, no nosso trabalho, nas nossas relações amigáveis.... enfim, onde haver "gente", há esse tipo de relacionamento humano....

Pergunto-me como viver de forma coerente num mundo tão "cão"... ou melhor, no meio de lobos e cordeiros.... percebo a dificuldade de se praticar uma das virtudes teologais mais conhecidas: o amor....

Amor esse despido de qualquer interesse.... de qualquer maldade.... amor-doação... amor ao próximo.... ao meu irmão.... àquele que é imagem e semelhança d'Aquele....

Esforço-me por amar a todos... sem distinção e acepção.... mas como é difícil.... creio que não existe nada melhor do que servir por amor.... mas quando fazemos as coisas por amor, parece-me que as pessoas aproveitam-se de sua generosidade e desse amor-doação....


De um lado temos lobos ferozes, de outro cordeiros fofinhos...

O cordeiro é manso... humilde, prestativo.... sábio e discreto... observador e coerente.... sempre disposto aos desafios do dia.... busca soluções e aprimora o seu trabalho em vista do bem comum.... fala no momento certo e sabe o que falar....

O lobo.... ah, esse lobo.... é arrogante.... pedante e sarcástico.... malicioso... sempre está atento para encostar-se nos outros e tirar vantagem de tudo.... sem escrúpulos.... de forma medíocre.... e intransigente....

Esforçar-se é algo sobre-humano nos dias de hoje, para se ter uma boa convivência com os lobos que encontramos ao nosso redor.... não sei se temos mais lobos ou mais cordeiros.... seria bom se tivéssemos mais cordeiros.... menos lobos.... teríamos mais amor e menos comodismo... mais verdade e menos mentira.... mais humanidade no nosso meio.... em nós...
André Ícarus
Enviado por André Ícarus em 22/02/2006
Reeditado em 22/02/2006
Código do texto: T115066
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
André Ícarus
Recife - Pernambuco - Brasil, 38 anos
197 textos (20703 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 10:38)
André Ícarus