Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Um prego

  A vida está nos detalhes , nos preparamos emocionalmente , profissionalmente e espiritualmente para  realizarmos grandes obras mas com isso deixamos de lado os acontecimentos diários que nos rodeiam e com isso acabamos perdendo muitas oportunidades.

  Vou dar um exemplo , todos conhecem Isaac Newton (1643-1727) um dos maiores cientistas na área da física e matemática que a humanidade já conheceu , segundo a lenda ,  Newton estava sentado embaixo de uma macieira quando uma maça lhe atingiu a cabeça e isso lhe intrigou , esse fato o levou a explicar a como agia a gravidade , milhões de pessoas já deviam ter visto uma maçã cair na historia da humanidade , mas foi Newton quem perguntou por quê? Esse questionamento o levou a realizar uma grande obra.
  As maiorias das grandes descobertas foram feitas por pessoas que estavam atentas aos fatos diários mas ao mesmo tempo estavam descontentes ou intrigadas com eles , sendo assim decidiram tomar uma atitude de mudar , transformar ou inventar o meio em que viviam , foi assim que na segunda metade do século XIX, John Boyd Dunlop, um cirurgião veterinário escocês, observando seu filho percebeu como era dura a bicicleta do seu filho , naquela época as rodas dos carros e bicicletas  tinham o aro coberto de borracha sólida, e por isso eram muito duráveis, mas também muito rígidos , tornando uma simples volta de bicicleta um ato bem desconfortável , deste modo Dunlop  teve a idéia de colocar um tubo de borracha, contendo ar sob pressão, no aro a bicicleta de seu filho proporcionando-lhe mais conforto , assim nascia o conceito de pneumático.
 
   Observe como os detalhes são preciosos em nossa vida , não estou tentando transforma-lo em um perfeccionista viciado em detalhes , somente quero alertá-lo para ficar de olhos abertos , pois as oportunidades podem estar bem debaixo do nosso nariz



"Quando você precisa tomar uma decisão e não toma, está tomando a decisão de não fazer nada."    William James



UM PREGO


  Certo feirante, depois de um dia muito proveitoso com excelentes resultados no negócio, se dispôs a voltar para casa antes do entardecer.
Montou seu cavalo e, prendendo muito bem à cintura a bolsa com seu dinheiro, deu início à jornada de volta.
  Lá pelas tantas, parou em um pequeno povoado para uma rápida refeição.
  Quando já se preparava para prosseguir na caminhada, um homem o avisou:

- Senhor, está faltando um prego na ferradura da pata esquerda do seu animal.
Não seria melhor providenciar outro?

- Deixa faltar... - respondeu o feirante - Estou com muita pressa; sem dúvida a ferradura agüentará bem as horas que ainda restam a percorrer.

  E lá se foi ele.
 À tardinha, quando parou para dar ração pro cavalo, o encarregado da cavalaria também foi ter com ele, dizendo:

- Olha, está faltando a ferradura da pata esquerda do seu animal.

Quer que o nosso ferreiro veja isto?

- Deixa faltar.

  Estou com muita pressa e restam poucas horas para que cheguemos ao nosso destino. Por certo o cavalo resistirá - respondeu ele.
  Continuou a cavalgar, mas já não conseguira andar muito, quando notou que o cavalo estava manquejando.
  Tentou continuar na esperança de chegar em casa; entretanto, depois de poucos metros o animal passou a tropeçar e, com pouco mais de tempo, numa queda mais forte, o cavalo fraturou a perna e já não pôde mais sair do lugar.
  Era noite e o feirante viu-se obrigado a deixar o pobre animal caído, sem qualquer atendimento.
  Desprendendo a caixa onde carregava uma série de apetrechos para seu uso na feira, pô-la às costas e foi caminhando.
  À distância que parecia curta tornou-se longa e penosa.
  Só muito tarde chegou ele cansado, faminto e preocupado com a possível perda do animal. Foi então que começou a raciocinar:
 Tudo por causa de um simples prego que não foi substituído no momento que se fez necessário.
 Entendeu tarde demais o fato de que a pressa exige calma.
 Pequenas omissões podem resultar numa perda irreparável...







Roberto Recinella
Enviado por Roberto Recinella em 05/04/2006
Código do texto: T134017

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Roberto Recinella - www.projetosolemio.com.br). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Roberto Recinella
Campo Mourão - Paraná - Brasil, 50 anos
43 textos (8907 leituras)
5 áudios (1895 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 16:41)
Roberto Recinella