Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Acredito que toda boa idéia...

Acredito que toda boa idéia não deva ficar presa a falsos parâmetros, nem subordinada aos caprichos de alguém que fará mal uso dela. Uma idéia é tão boa quanto qualquer outra idéia. A sua diferença está no bom uso que pode-se atribuir a esse capricho do cérebro. Disassociados de boas idéias, ninguém consegue chegar a lugar algum. Temer boas idéias é o primeiro princípio da covardia, e querer manter um status quo do qual se vive reclamando. Ser pertinente, seja na concepção, seja na execução, realizando seriamente o seu desenvolvimento, mais que alcançar objetivos, é a própria realização pessoal. Idéias em profusão são desperdiçadas todos os dias, como se conceitos pudessem proliferar de uma fonte eterna. Talvez até possam. Pode parecer muito filosófico, mas é fato corriqueiro o excesso de desperdício que se acumula ao longo dos anos, enquanto se labuta no desenvolvimento de idéias, pensando nas contas a serem pagas, e alguém, sempre alguém, comprando via mais valia, o esforço sem honrar com a devida paga, nem mesmo reconhecer o trabalho feito. Alguém sempre se coloca de forma vantajosa perante um ciclo de idéias desenvolvidas, e muitos pagam dolorosamente por esse enriquecimento ilícito, pode-se dizer. Talvez seja por estar voltado ao desenvolvimento que deixa-se escapar o oportunismo predatório que se apropria de cada contexto engendrado, arduamente, às vezes, engendrado e executado. Mas se não colocar um idéia em prática, ela será apenas e tão somente uma mísera idéia. Acredito que idéias devam ser sempre desenvolvidas, com todos os seus riscos pertinentes. E doa a quem doer, principalmente se for de cunho profissional. É aí que ela deve mesmo ser desenvolvida. Existe uma certa máxima que diz: devemos apenas nos arrepender daquilo que não podemos em hipótese alguma realizar.
Se tudo podemos, mãos à obra...

Peixão89
Peixão
Enviado por Peixão em 02/05/2005
Código do texto: T14364
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Peixão
Santo André - São Paulo - Brasil, 57 anos
3231 textos (120250 leituras)
1 e-livros (241 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 06:37)
Peixão