Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Mãe

Mãe

Hoje é um dia especial.
Não importa que se comente que é uma data comercial, que todos os dias são dias de comemorarmos. Sabemos disso. Mas nada invalida o fato de que nós, seres humanos, somos afeitos a certos  ritos e rituais, e que estes catalisam nossas energias, desejos e sentimentos, produzindo efeitos mais evidentes em nossa vida.
Assim, independente de qualquer consideração mais trivial, hoje é Dia das Mães.
Sim, um dia em que dedicamos especial atenção a elas.
O almoço, a presença, o presente, um carinho a mais, um beijo mais demorado, um abraço mais caloroso...
E tudo isso se prolonga por dias e dias, provocando em todos os envolvidos uma disposição maior de entendimento, tolerância, vontade de melhorar o relacionamento, enfim, invariavelmente efetiva a aproximação. Uma aproximação real, factual e não idealizada apenas.
Aos que têm a felicidade de ter sua mãe por perto, eu desejo que desfrutem deste dia dedicando-se a alegrá-la e cercá-la de carinho e dengo.
Ah! O que não faz um denguinho ao coração de um ser humano! Nada mais amoroso e produtivo que um dia de mimo!
Aos que já se despediram de sua mãe nesta jornada, que dediquem a alguma mãe de seu convívio, todo o carinho e atenção que dariam caso a sua estivesse presente.
Não tenham dúvida que este carinho chegará até ela, pois esta se encontra na dimensão da energia pura e capta todo e qualquer movimento que tenha como origem o coração dos que amou cá na Terra.
Assim, que seja hoje o dia do Amor. Autêntico, espontâneo, sincero e alegre. Que nenhum filho consinta na presença da tristeza, que não vibre em nenhum lugar deste planeta, o sentimento de falta de amor.
Que todos os corações pulsem amorosidade.
Filhos, mães presentes, ausentes, distantes... Não importa.
Hoje é dia do Amor!
Porque Mãe foi a criação de Deus quando pela primeira vez Ele se emocionou!
Feliz dia das Mães.
Feliz dia dos Filhos.
Feliz dia de Amor, a todos.


 
Priscila de Loureiro Coelho



E.T: Para minha mãezinha, eu dedico cada minuto
 de meu dia, através da minha alegria
 por descobrir quantas pessoas
 posso amar em um só dia!

P.L.C.

 
Priscila de Loureiro Coelho
Enviado por Priscila de Loureiro Coelho em 08/05/2005
Código do texto: T15585
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Priscila de Loureiro Coelho
Jacareí - São Paulo - Brasil, 65 anos
1286 textos (215243 leituras)
1 e-livros (148 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 14:50)
Priscila de Loureiro Coelho