Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

POSSO VOAR...


Bem-te-vi.
Ouço-o daqui.
Sinto o sabor da liberdade.
O canto, o farfalhar das asas.
Quem me dera ser um pássaro!
Voar neste mundo imenso.
A cismar me indago.
Não estou eu a voar, a viajar
enquanto escrevo.
Não estou aqui, não estou nem lá.
Não estou em nenhum lugar.
Estou... não estou.
Trago o passado.
Corro do presente em busca do que já foi.
Do que virá.
Não sou só um pássaro.
Ó não!
Sou um espírito na eternidade.
Viajo para mundos que conheço
e desconheço.
Sou e não sou.
Porque nos transportamos através dos tempos.
Voamos nas asas da imaginação.
A prisão de carne é só e tão só uma condição.

Soninha




SONIA DELSIN
Enviado por SONIA DELSIN em 17/01/2005
Reeditado em 25/03/2011
Código do texto: T1758

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
SONIA DELSIN
São Carlos - São Paulo - Brasil
4049 textos (78156 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 00:53)
SONIA DELSIN