Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Ensaio Comportamental: = "ACOMODADOS..."

= A gente já nasce se acomodando:
- ao cheiro da mãe, ao colo quentinho e protetor, ao leite materno quando a gente reclama, a rir quando nos apertam as bochechas e a chorar quando nada há mais para fazer.
= A gente já nasce se acomodando a brincar de boneca ou de carrinho, porque é menina ou menino...e se a gente quer trocar de brinquedo, não pode, porque nos colocam rótulos de "desvio de comportamento".
= A gente se acomoda com a turminha da escola, porque é bom ser aceite e não rejeitado. A namorar o menino ou a menina mais bonito, porque todos aprovam.
= A gente se acomoda com a ideia de casar cedo, porque nos dizem que é o caminho certo, para a mulher: se realizar como mãe... para o homem: perpetuar seu nome!
= A gente se acomoda em procurar um pequeno apartamento para morar, de fundos, de preferência e com poucas janelas, porque nos aconselham que é melhor, além de mais barato, não corre o risco de bala perdida... E a gente se acomoda em não ter outra vista panorâmica a não ser as janelas ao redor, daí que se vai acomodando sem olhar para o exterior... sem abrir as cortinas para ver lá fora: o Sol, a luz, a vida que passa correndo e a gente não vê.
= A gente se acomoda em conseguir um emprego bem remunerado, porque nos dizem ser o melhor e não luta para realizar seus sonhos, porque nos dizem que "é de pão que vive o Homem e os sonhos, não enchem barriga"...
= A gente se acomoda em sair de casa para trabalhar todo o dia correndo, sem tomar o café da manhã, porque perdeu a hora, em viajar uma porção de horas, enlatado, em ônibus lotado, porque ter carro é um risco...
= A gente se acomoda em não ler o jornal todo o dia, porque está cansado, e não sabe das belezas que existem pelo Mundo afora, só vê as manchetes nas bancas que expõem as guerras, os assaltos, as mortes... - Enfim, desgraças é que causam impacto!
= A gente se acomoda em ser ignorado, quando dá uma saudação, um sorriso e não recebe um retorno...
= A gente se acomoda em enfrentar enormes filas para pagar, para trabalhar, para ser atendido nos serviços de Saúde Pública... e se acomoda quando vê morrer gente nas filas, e pensa que mais cedo ou mais tarde, também poderá morrer numa dessas intermináveis filas... deixando que a Vida passasse, sem a ter vivido na sua essência... porque se acomodou com os padrões que lhe disseram ser certos, mas onde nunca se encontrou de verdade, apenas se acomodou... porque deixou de ser gente... de se amar... de se valorizar... de viver e pensar como Gente!

Copyright by@
Anna D'Castro
(Todos os Direitos Autorais Reservados)
Publicado na Revista poética:
'Memórias Dum Pensador'
=R.J., janeiro de 2006=

Anna DCastro
Enviado por Anna DCastro em 22/06/2006
Reeditado em 18/07/2013
Código do texto: T180505
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Anna DCastro
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
207 textos (10689 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 04:14)
Anna DCastro