Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Boa Noite amor meu

Angélica T. Almstadter

 
Sei que já não tenho mais assento nesse peito,
Então se a morte me abordar, hei de me entregar
Para cessar essa angústia, que já não pondero.
Hei de me estender em fráguas sobre o leito,
Quando a noite na insônia me procurar.
Que seja leve e sem açoites, é o que espero...
Boa noite, amor meu, que seja  breve o adeus;
Pois os caminhos por onde hei de percorrer
Com a face amparada no doce da brisa;
Serão alamedas floridas onde não estão os sonhos teus,
Que se aqui não vão de encontro aos meus;
Transformam nosso mundo em desertos...
Boa noite, amor meu, que teus sonhos despertos,
Conduzam ao paraíso o que tua alma preconisa.
Antes que o dia amanheça na minha janela,
Arremessarei ao vento meu testamento lacrado,
Pois sei que já haverá em ti outra donzela,
E em algum canto, minhas vontades expressas
Serão lidas em cântico chorado;
Como todo amor que se condena as avessas...
Boa noite, amor meu, sonharei contigo
Angélica Teresa Almstadter
Enviado por Angélica Teresa Almstadter em 20/05/2005
Código do texto: T18104

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Angélica Teresa Almstadter
Campinas - São Paulo - Brasil, 62 anos
1054 textos (55636 leituras)
25 áudios (3274 audições)
1 e-livros (247 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 22:31)
Angélica Teresa Almstadter