Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

VAZIO

Ainda vago pela madrugada afora,
Sem sua presença,
A noite tornou-se uma eternidade.
Até os anjos ,
Hoje resolveram não sair,
Eles sentem sua ausência,
Que torna nossa inquieta noite em um paraíso.
Estamos atormentados,
A noite não tem o som da sua meiga voz,
E se tornou triste por isso.
Talvez seja apenas intuição,
Mas até mesmo os anjos,
Sofrem por sua ausência,
E compartilham comigo esta dor.
Não se ausente,
Devolva nossa paz,
Nossa alegria,
Nas nossas noites,
Onde você,
Faz a diferença.
Luciano Teixeira
Enviado por Luciano Teixeira em 29/06/2006
Código do texto: T184183
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Luciano Teixeira
Fortaleza - Ceará - Brasil, 47 anos
106 textos (7208 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 15:44)
Luciano Teixeira