Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Na plataforma

Quando o sol apaga seu lume um frio manhoso entra pelas frestas
avisando que está na hora de acender as estrelas e deixar a lua brincar no
meu rosto...prelúdio de esquecer...
Estou mais um vez na plataforma...esperando pelo embarque noturno...
sonhando com a viagem que não fiz...tenho a vida nas mãos...na bagagem
só meus sonhos recheados de esperanças...cuidadosamente embalados...
preparados...
Passou por aqui apitando o trem da história...acomodou alguns convivas
e se foi cuspinho a fumaça cruel... desilusão a me deixar sentada
mais uma vez...assistindo a breve passagem da felicidade...sobre os trilhos
alcochoados...
Lá se vão aos sopros minhas canções ao vento...
murmúrios entoados...harpejos dedilhados nas cordas da minha
guitarra chorosa...
São dois lados da mesma espera...acenos na mesma viagem...
e a vida se repete...incessantemente...
Melhor eu me acomodar sobre esses bancos surrados...
deixar correr livre meus silêncios represados...
e perante a jura que me selaste sobre o peito...jorrar meus versos...
aguardando o vagão da felicidade se lembrar de me buscar...
Angélica Teresa Almstadter
Enviado por Angélica Teresa Almstadter em 28/05/2005
Código do texto: T20296

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Angélica Teresa Almstadter
Campinas - São Paulo - Brasil, 62 anos
1054 textos (55640 leituras)
25 áudios (3274 audições)
1 e-livros (247 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 23:42)
Angélica Teresa Almstadter