Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Ainda estou esperando

É tarde eu sei mas ainda é dia...ainda dá tempo de recomeçar...basta você querer...basta me ver...eu estou no mesmo lugar... eu sempre estou pronta...
Há uma porta à minha espera...há um carta na minha mão e uma esperança primeira...que ainda não morreu...há uma chama acesa e uma alameda inteira à ser percorrida...há uma vida lá fora à minha espera...
Hoje eu vi o sol...hoje eu vi a vida brincando de esconde-esconde na minha frente...eu vi a lua morrer quando o sol chegou...eu vi a terra sangrar quando a vida quis estancar o tempo...hoje eu senti o gosto da terra na boca...o som que a vida tem...eu vi a vida nascer e morrer....
Hoje eu te quis mais do que nunca...hoje eu te amei mais do que sempre...
hoje eu não te vi como sempre...
Hoje eu te quis...hoje eu não te tive...hoje quando a vida se assentou dentro das minhas palavras...dormiu no meu colo e ceiou à minha mesa...não pude te apresentar à ela...não estavas na moldura dourada que te fiz...tinhas escapulido das minhas lembranças de menina tola...
Mas ainda não anoiteceu...e eu já poli o teu lugar...já perfumei a casa do meu coração...coloquei flores novas nos vasos...a porta está entreaberta...
do lado de fora já se ouve a melodia...não precisa bater...tudo que é teu está preservado...nada foi tocado...entre...que eu ainda estou esperando...
Angélica Teresa Almstadter
Enviado por Angélica Teresa Almstadter em 03/06/2005
Código do texto: T21967

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Angélica Teresa Almstadter
Campinas - São Paulo - Brasil, 62 anos
1054 textos (55636 leituras)
25 áudios (3274 audições)
1 e-livros (247 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 02:38)
Angélica Teresa Almstadter