Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
O VALOR DA PALAVRA

A "" palavra "" não é a realidade que conceitua .

Por si , a palavra apenas é um som ou um desenho com um ou mais significados mas que determinam as relações humanas e até as não-humanas e têm o poder de gerar uma série de "acontecimentos" .

Quando a palavra não é compreendida nos múltiplos aspectos que a envolvem tais como o meio cultural aonde se insere , as diferentes realidades que representa , a intenção de quem a usa , etc. , pode gerar desequilíbrios nas relações humanas e é o que na maior parte das vezes acontece .

Desde que o ser humano surgiu no planeta como o animal com maior capacidade de memorização e tendo um sistema de cordas vocais sofisticado , foi possível construir uma linguagem mais complexa que facilitasse as relações entre si e com o meio ambiente e na construção dessa linguagem surgiu um raciocínio mais apurado e a possibilidade de desenvolver uma inteligência mais sapiente .

Considera-se o raciocínio como um jogo de conceitos que utiliza as palavras (sons) ligadas logicamente e exprimindo juízos ou pensamentos a partir dos quais se constrói uma cultura ou conhecimento .

Numa inteligência mais apurada é necessário um raciocínio lógico , simples , direto mas também são necessários os instintos físicos , a intuição , a reflexão a partir do questionamento céptico , prudente , profundo , percebendo-se o mundo real nas suas infinitas nuances , nas suas relatividades , para que haja uma resposta o mais correta e equilibradamente possível aos desafios que a vida coloca diariamente .

Conforme os grupos sociais humanos desenvolvem suas linguagens o mesmo sucede à memorização , ao raciocínio .

Da necessidade de uma transmissão o mais exata possível das mensagens contidas nas linguagens de som iniciou-se um processo de grafia dos mesmos sendo , hoje em dia , de tal modo complexos os sistemas de linguagens que necessitam de reflexão e estudos apurados para se compreender o conjunto das linguagens e suas implicações com o meio nas diferentes relações humanas ou outras .

As dificuldades reais do ser humano na sua sobrevivência de cada dia , desde os primórdios , em função dos ambientes ecológicos e sociais mais ou menos hostis , forçou o desenvolvimento das capacidades mentais humanas de maneira a ultrapassar e dominá-las e por essas razões o avanço tecnológico aconteceu mais acentuadamente nos países do norte .

Nos ambientes ecológicos aonde a vida não apresentava tantos desafios à sobrevivência humana , aonde os povos não necessitavam tanto de lutar contra as forças da natureza na sua sobrevivência diária nem contra outros grupos humanos na conquista das melhores terras pois já viviam nelas , o desenvolvimento de linguagens complexas sonoras e gráficas não foi tão acentuado .

Não representa isso uma inferioridade no processo global da vida pois normalmente os povos com menos complexidade nas linguagens quando ainda vivem em seus espaços geográficos naturais originais estão em harmonia entre si e com a natureza que os rodeia e são felizes .

Jä nos ambientes com linguagens mais complexas e tecnologicamente mais avançados constata-se em grande escala uma desarmonia psíquica nos indivíduos e com o ambiente ecológico e são consumidores de drogas pesadas e vivem em permanente stress e infelizes , muitas vezes .

Devido à maneira como tem caminhado o desenvolvimento humano , uma maior capacidade de raciocínio permitiu àqueles que o desenvolveram dominar para proveito próprio outros grupos humanos pois detinham o conhecimento do ferro e da pólvora .

O contacto entre forças humanas de maior ou menor poder de raciocínio deu-se de maneira desequilibrada visto que o móbil dessa aproximação era na maior parte das vezes o lucro pessoal e não a curiosidade pura social e cientifica gerando-se situações aonde as relações e os modos de vida foram e são violentados .

Muitos dos problemas atuais do mundo nasceram e nascem da violação dos modos de vida de cada povo e da imposição de modelos econômicos e sociais que beneficiam principalmente os dominadores .

Demonstra-se assim que um maior raciocínio não é sinônimo de uma inteligência apurada e de um equilíbrio mental senão as relações humanas entre os diferentes povos processar-se-iam mais harmoniosamente .

Quando há harmonia nas relações há um maior beneficio para todos em todos os níveis , tanto individual como coletivamente .

Da constatação desses fenômenos e com a facilidade dos meios de comunicação e informação atuais , os povos considerados "dominados" confrontam-se com essa realidade que lhes veio dificultar o viver .

Este é um momento histórico em que os povos do sul buscam rapidamente superar essa dominação alcançando um patamar aonde as relações não sejam de dominação mas de colaboração porque a todos os seres é intrínseca a capacidade mental para o desenvolvimento da alta inteligência desde que criadas as condições necessárias e suficientes e havendo desejo bastante para isso .

Esse esforço em direção à liberdade e na valorização do ser humano deve-se aos indivíduos que conscientemente e com um grau maior ou menor de informação compreenderam que a vida no universo está inter-ligada e que todos são parte de um coletivo .

E para se alcançar um patamar de alto desenvolvimento mental e físico é necessário que cada individuo tenha consciência sobre o valor da "palavra".

Pode-se observar que não há realidade objetiva nas palavras vida , morte ,
inteligência , violência , saúde , fome , deus , etc. .

São apenas expressões literárias de que se servem os humanos para representar conceitualmente a aparência de fenômenos , a sua imagem , e quando se raciocina apenas em função das palavras sem compreender profundamente a realidade que ela representa no conjunto dos fenômenos físicos e psíquicos inter-ligados , afasta-se a possibilidade da inteligência apurada pois é falho esse raciocínio .

A palavra "rosa" não é a flor rosa mas apenas um conceito , não é o seu odor , sua cor , sua forma , sua beleza , seu néctar e se for dada atenção apenas ao conceito intelectual da palavra " rosa" não será captada a realidade total que ela representa no seu brotar de cada dia .

Outro aspecto importante da palavra é a sua ambíguidade

A palavra pode gerar ou representar vários juízos ou pensamentos e diferentes realidades conceituais de individuo para individuo , de um meio cultural para outro em função da educação , dos conceitos e preconceitos , das experiências de cada um ou de um povo , dos dogmas , das intenções , etc . .

Uma palavra pode ter diferentes interpretações e representar diferentes realidades , gerando muitas vezes barreiras entre os povos e os indivíduos e dificultando muito o viver .

Um outro aspecto também muito importante da palavra é o valor que o individuo dá a ela .

A palavra que antes de ser dita não é refletida conscientemente na sua globalidade perde o seu valor parcial ou total pois é estéril , não se apresenta fundamentada em valores refletidos , não sendo assim um elemento de mais valia .

O individuo ou o grupo que a emite deixa de ser um emissor responsável e se ele mesmo não valoriza sua palavra poderão os outros respeitá-la e consequentemente a ele ou ao grupo ?

O desenvolvimento mental e físico dos seres processa-se através da palavra ou seja da comunicação .

As palavras ou idéias não são necessárias à existência de vida universal pois esta é anterior àquelas mas através das palavras os seres podem desenvolver uma consciência sobre a matéria e suas relações de maneira a superar os conflitos existenciais tanto a nível físico como psíquico e criando as condições necessárias ao desenvolvimento sapiente dos seres humanos e outros .
Valdemar Ferreira Ribeiro
Enviado por Valdemar Ferreira Ribeiro em 22/06/2005
Reeditado em 05/08/2010
Código do texto: T26824
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Valdemar Ferreira Ribeiro
Angola
127 textos (38332 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 06:18)
Valdemar Ferreira Ribeiro