Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Eu, por mim


 
Tenho tantas poesias guardadas
no porão das minhas memórias...
tantas juras encerradas
 em baús envelhecidos...
 
Tenho medos escondidos
segredo contidos...
amores furtivos...
desejos escorridos...
vertidos em noites perdidas...
 
 Tenho tantas palavras desbotadas
na boca levemente mentolada...
palavras entrecortadas
pela minha respiração
pouco ou nada controlada...
 
 Vivo naufragada nos sentimentos...
nas sensações e emoções
 em que navego...
e quanto mais eu entro
 dentro do meu eu...
 mais eu me perco em mim
e de mim...
 
Sou eu de lado de fora
do  confessionário
a pedir absolvição
pelas minhas culpas...
e sou eu do lado de dentro
 a me ouvir...
me perdoar sempre...
sem pudor e sem castigos...
 
A linha do horizonte se afasta...
e não olhamos mais na mesma direção...
nem eu e nem a minha história...
e enquanto eu busco uma saída
de mim...
 
 Dessa loucura que revolve
 meu peito...
 dessa insana piração
que me afoga a cada minuto...
me agarro  a margem desse rio
que me arrasta...
 
Não sei fugir de mim...
estou pregada na minha alma...
condenada a vagar
à deriva de mim...
Angélica Teresa Almstadter
Enviado por Angélica Teresa Almstadter em 25/06/2005
Código do texto: T27692

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Angélica Teresa Almstadter
Campinas - São Paulo - Brasil, 62 anos
1054 textos (55636 leituras)
25 áudios (3274 audições)
1 e-livros (247 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 04:06)
Angélica Teresa Almstadter