Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

PACIFICANDO A MENTE



                               PACIFICANDO  A  MENTE


               MIRAVA O INFINITO, PERDIDA
               NA INTERROGAÇÃO DA MINHA SAUDADE,
               QUANDO SENTI-ME TRÊMULA, SOB AS LÁGRIMAS
               QUE CASTIGAVAM MINHA FACE JÁ DESBOTADA,
               PELAS MARCAS IMPLACÁVEIS DO TEMPO...
               E ASSIM, IMERSA EM LEMBRANÇAS DISTANTES E
               TÃO PRÓXIMAS, NEM PERCEBI O TEMPO PRESENTE
               PASSANDO EM PASSOS LARGOS, SOMENTE DESPERCEBIDO
               POR MIM!
               SILENCIOSAMENTE,LÁ ESTÁ INDO, MAIS UM DIA, APESAR
               DO BURBURINHO INÚTIL E DOÍDO DAS PESSOAS...
               TENTO REVERENCIAR MINHA REALIDADE A DURAS PENAS,
               JÁ QUE NECESSÁRIO SE FAZ PROSSEGUIR ,VIVENDO AO
               TOMBAR DE CADA DIA, NUMA SEQUÊNCIA DINÂMICA E
               ININTERRUPTA.
               ENTRETANTO, UMA BRISA COMEÇA A SOPRAR SEM
               AVISAR, PENETRANDO MEU CORPO COM CHEIROS
               TRAZIDOS NO VENTO, PROVOCANDO VONTADES E
               FAZENDO TODA DIFERENÇA DE UMA TRANSFORMAÇÃO
               PRA MELHOR!
               FOI QUANDO PACIFIQUEI A MENTE, MERGULHANDO NA
               BOCA ESCURA DESTA NOITE, CONTEMPLANDO A
               NATUREZA SILENTE E FRIA, COMO ENSAIO LEVE
               PARA UMA VIDA NOVA!

   
marne pimentel
Enviado por marne pimentel em 11/08/2011
Código do texto: T3153138
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
marne pimentel
Natal - Rio Grande do Norte - Brasil
4128 textos (53297 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/08/17 07:22)
marne pimentel