Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
JUSTA JUSTIÇA

Reflexão sobre os seres humanos com dificuldades físicas na locomoção e sobrevivência .

Não é uma questão de bondade nem pode ser a ilusão de um mundo virtual em algum lugar no céu ao lado de algum Deus conceitual a razão que deve nortear os humanos na luta pela justa justiça da vida de maneira a permitir àqueles menos favorecidos física , mental e espiritualmente obterem condições mínimas de sobrevivência necessárias ao seu desabrochar como seres humanos dignos , saudáveis e felizes.

Há exemplos neste planeta de países que da extrema miséria conseguiram construir uma sociedade mais feliz e pacifica e outros que apesar de não possuírem grandes recursos financeiros sempre tiveram dignidade e felicidade com lideranças sábias pois compreendem que a felicidade individual real depende também da felicidade coletiva e vice-versa .

Angola é um imenso e belo país em sua deslumbrante natureza geo-econômica e é uma coincidência favorável que se deve agradecer aos céus a existência de um povo que apesar das dificuldades existenciais , é pacifico na sua grande maioria e comparativamente a outros países.

Nesta Nação é perfeitamente possível desenvolver uma ação integrada a partir das lideranças sócio-políticas-econômicas em busca de um maior equilíbrio social e econômico bastando para isso o querer de algumas poucas lideranças que certamente serão muitas se essa ação for dinamizada .

O projeto de "fome zero" deflagrado pelo Presidente Luis Inácio " Lula" no Brasil pode até não alcançar o objetivo total que se desejaria mas o simples fato de se deflagrar essa ação de cidadania já de si é suficiente e justificativo para se juntar energias e trabalhar nesse sentido .

Com fome , com sede , sem um teto , sem agasalho , sem dignidade , sem felicidade , sem respeito , não é possível ao ser humano desenvolver o potencial de inteligência contido em sua mente .

E sem a dignidade plena de um povo não há uma Nação digna e respeitada e a cultura de um povo só pode ser elevada ao seu maior grau se seus cidadãos tiverem consciência de si , de suas raízes sejam elas quais forem e de seu "modus vivendi".

Em consciência , ninguém pode ser integralmente feliz se ao seu lado houver um outro ser infeliz .

Pode haver alguém que diz "estar feliz" mas "ser feliz" é muito diferente .

Só aqueles seres humanos que são justos consigo mesmos , que refletem sobre suas próprias fraquezas , seus erros , só aqueles que compreendem que é preciso viver feliz aqui e agora , são capazes de compreender a injustiça de um viver humano sem dignidade mínima .

Basta olhar e sentir profundamente os seres humanos que palmilham milhares de quilómetros apoiados sobre as suas mãos por falta de pernas ou de uma simples cadeira de rodas por culpa de um passado ou presente e se calhar até futuro de injusta justiça da vida que os obrigou a caminhar por caminhos muitas vezes pouco dignos e com muito sofrimento .

Dói a quem observa constatar tantos jovens e idosos dormindo nas soleiras das esquinas das ruas muitas vezes sujas buscando um pedaço de tecto que os abrigue ao cair da noite e do calor do sol , estendendo as mãos pedintes pois outros caminhos mais dignos e felizes não lhes são oferecidos pela injusta vida aonde nasceram .

É preciso olhar o exemplo que é a vida de um dos maiores cientistas humanos chamado de "Stephen Hawking" , inglês , que apesar de estar completamente preso a uma cadeira de rodas e só conseguir comunicar-se com o mundo através da fala de um computador e escrevendo mas é no entanto um dos seres humanos mais inteligentes na terra só porque lhe foi dada a oportunidade de uma vida com dignidade .

Se esse humano tivesse nascido em um outro espaço geográfico poderia não ter construído uma vida tão plena , profunda e profícua .

E muitas vezes basta uma pequena ajuda para construir muita dignidade humana mas é preciso muita consciência para se compreender isso e haver muita energia mental para deflagrar essa ação .

Aqueles que possuem um corpo físico e mental normal deveriam compreender sua sorte na vida .

Ao morrer nenhum ser humano leva consigo suas riquezas materiais mas apenas a energia de suas ações nesta vida e no instante de sua passagem física ele apenas tem tempo para se questionar se valeu a pena esta sua passagem pela Terra .

Basta querer construir uma vida com mais dignidade .
Valdemar Ferreira Ribeiro
Enviado por Valdemar Ferreira Ribeiro em 09/07/2005
Reeditado em 03/08/2010
Código do texto: T32486
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Valdemar Ferreira Ribeiro
Angola
127 textos (38327 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 08:48)
Valdemar Ferreira Ribeiro