Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

vaso a ideia

Vasar uma ideia, é como verter algo que cresce quando lhe damos liberdade. Talvez o inverso duma imagem lida, na seguinte parábola:
«Certa vez, disse Buda: "Quando uma gota de chuva cai no mar, vira oceano". Com isso, ele quis dizer que o nosso Eu deve mergulhar no grande oceano que...»
Buda disse, cada um interpreta. Para a interpretação que faço, vai a atenção para como uma coisa se transforma noutra. A forma duma ideia... ainda é mais informe que um líquido ou um gás e nós tentamos ser - a forma (o “vaso” que a acolhe) que lhe dá - forma (o “vaso” onde a queremos)...
Passo dum email para um comentário, em relação ao texto anterior 111:
«olá! sso não é bem um comentário. Estou aqui me remoendo de curiosidade e só o que conta no doc é a lista dos textos recentemente publicados no site.»
Vou tentar “remoer” um pouco de curiosidade, também eu a uso desejando saber como é lido o “111”. Desejei funcionasse como um roteiro relativo a todos os textos que tinha publicado, exponho deste modo, expus...
«Posso apresentar uma... questão, o seguinte:
http://www.recantodasletras.com.br/arquivos/43549.doc
Adorava pôr deste modo um pedido: Dás-me conhecimento deste "roteiro" (no link) fazendo uma breve Apresentação... para começar a ler olhando... através dos teus olhos!?
Ainda te provocava com o parágrafo seguinte, irá constar duma "teoria literária" que comecei a escrever (ou acabei?).
«Amor, acabei o livro que andei a escrever para ti. Em boa verdade devia acabar nesta frase, mas como sabes ando a inventar-te: amo-te! Queres casar comigo?»
Não fosses uma mulher de quem quero o que me dás, deixando-me retribuir com... Amizade e carinho!»
Outros comentários recebi mencionando a dificuldade em abrir o ficheiro anexo; vou, antes de publicar este, tentar reeditar 111. Vou usar para ficheiro anexo, um ficheiro gravado em WORD2.X para Windows, nele encontram “o roteiro”... três possibilidades distintas de ler os mesmos textos: 1 – seguir a sua ordem cronológica, 2 - ir pela ordem resultante das leituras recebidas por cada texto (fui colorindo o número de leituras em função das páginas na escrivaninha), 3 - escolher uma leitura pela classificação, começando pelas Poesias, em maior número, até um Roteiro anterior (em casos de empate, usei a ordem alfabética) único até... 111.
Espero ter ver_tido... a ideia, amanhã volto com “teoria literária”...
Francisco Coimbra
Enviado por Francisco Coimbra em 19/08/2005
Reeditado em 19/08/2005
Código do texto: T43751
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Francisco Coimbra
Portugal
785 textos (310487 leituras)
37 áudios (39565 audições)
1 e-livros (148 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 14:39)
Francisco Coimbra