Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

12 de Março dia do Bibliotecário

Hoje comemoramos o dia do Bibliotecário, data escolhida em homenagem ao nascimento de Manuel Bastos Tigre(1882-1957), bibliotecário, escritor e poeta que contribuiu de forma expressiva para o crescimento da profissão.
Mas o que é ser bibliotecário? Antes de tudo faz-se necessário ter o curso superior em biblioteconomia instituído pela Lei 4.084 de 1962, regulamentado pelo pelo Decreto nº 7265 de 1965, incluindo o ofício no quadro das profissões liberais pela Consolidação das Leis do trabalho (CLT). Podemos definir o "Ser Bibliotecário" como um mediador entre a sociedade e o conhecimento registrado nos mais diversos suportes .

Entre as atribuições desse profissional, estão o planejamento, a organização, o tratamento técnico dos materiais bibliográficos ou não, desenvolvendo recursos informacionais, gerenciando bibliotecas, centros de documentação e administrando informações em empresas na área de comunicação como televisão, radio, jornais. Além de desenvolver difusão cultural e ações educativas em centros culturais; atuando na rede de ensino e pesquisa; em tecnologia da informação direcionados aos bancos e bases de dados, no gerenciamento eletrônico de documentos, consultoria ou acessória especializada em empresas e participação em órgãos de classse.

Contudo, para que possamos atuar na área com maior desenvoltura, é preciso ter como referência os recursos oferecidos pelas novas tecnologias. Estes nos levaram a novos paradigmas da profissão, nos colocando além das paredes da tradicional biblioteca e do balcão de atendimento ao usuários que hoje podemos chamar de cliente , fazendo refletir criticamente sobre a realidade que os envolve, buscando um aprimoramento contínuo e padrões éticos de conduta, interagindo com o tecnológico e o social no processo de desenvolvimento científico, educacional e cultural da sociedade, sendo um ser proativo em todo o processo da informação que vai da geração ,organização, transferência e aplicação da informação para transformação do ser.

Sobretudo, não poderíamos deixar de defender a importância da leitura e seu compromisso com o cliente-leitor nas bibliotecas ou órgãos que têm como requisito principal a formação de leitores. Para que essa difusão aconteça além dos dados estatísticos, é importante a presença de bibliotecários nas escolas públicas e nas empresas que armazenam e produzem informações, assim fazemos jus ao nosso juramento profissional: "prometo tudo fazer para preservar o caminho liberal e humanista da profissão de Bibliotecário, fundamentado na liberdade de investigação científica e na dignidade da pessoa humana.

Marcos Soares Mariá
Enviado por Marcos Soares Mariá em 29/08/2005
Código do texto: T45994
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Marcos Soares Mariá
Recife - Pernambuco - Brasil, 46 anos
70 textos (16558 leituras)
1 e-livros (63 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 16:51)
Marcos Soares Mariá