Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O chamado

Na esquina a Morte, querendo antecipar os meus dias, me espera. Quer ceifar meus sonhos e esperanças, em troca promete-me uma vida eternal. Reluto em atendê-la, vou driblando as suas intenções, e fingindo compreendê-la, vou tardando a minha ida.

E assim, vão passando os dias, ela me chamando, eu não atendendo. Que ela aprenda a viver com minha rebeldia, pois se tão moço sou, não convém atendê-la. Que procure outro, lançando mão dos seus estratagemas.

Quantos desesperançados da vida não há? Estes, ela pode levar: mas a mim, que gosta de sorrir, namorar, curtir as coisas boas, não.

Apenas nestas circunstâncias que me deixarei levar: quando meu coração deixar de amar o semelhante, fenecer o sorriso nos meus lábios e deixar de admirar a pureza e inocência das crianças. Pois, quando estas coisas começarem a acontecer, começa o triunfo da morte.
Juraci Rocha
Enviado por Juraci Rocha em 24/09/2005
Reeditado em 25/09/2005
Código do texto: T53499

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Juraci Rocha Silva). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Juraci Rocha
São Paulo - São Paulo - Brasil
342 textos (131992 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 05:06)
Juraci Rocha