Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Procurando, sempre...

Reflete sempre no último ato, talvez no último gesto, ou ainda no último suspiro.
Não existem palavras certas, e sim suficientes para o que tanto desejo escrever. Sobre os desejos, os dias, as noites, as febres, os sentimentos e pensamentos.
A mente vaga sem a certeza do pensamento, pois não encontra uma imagem, não encontra a vontade, sequer verdade, no íntimo das esperanças ou no calor desta busca.
Quisera apenas e tão somente o que o frio lhe acobertou, o que os sonhos adiaram, e ainda o que os olhos não visaram.
Em tantas palavras perdidas, no papel ou ao vento, encontra pra mim o sentido maior, o sentido desta diante da felicidade, ainda que por um momento, mas pleno. Os 60 segundos que formam meus minutos, e percebem até o último instante aquele calor.
O calor que não encontro, que talvez a mim próprio não permita o sentir. Por que não consigo perder o medo, deixa apenas fluir os desejos e neles talvez me perder. E perdido talvez seja onde sempre quis me encontrar, qualquer que seja a luz ou o momento de escuridão, bastando reconhecer a lua, minha eterna inspiração.
Vanderlei
Enviado por Vanderlei em 09/10/2005
Reeditado em 09/10/2005
Código do texto: T58221
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Vanderlei
Espírito Santo do Pinhal - São Paulo - Brasil, 46 anos
83 textos (5353 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 10:02)
Vanderlei