Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Poetas?

Poetiza?
Masculino, feminino...
Os poetas são como os anjos.
Sem sexo...
Vivem em constante estado de graça.
Personagens de seus versos trazem os sentimentos à flor da pele.
É assim, que sinto-me uma especialidade.
Metaforicamente, um Ser da Galáxia das Palavras.
Tudo me é permitido, até vivenciar sensações múltiplas e simultâneas, em curtos espaços de tempo.
Os poetas desconhecem o tempo...
Contam histórias antepassadas ou futurísticas com a mesma liberdade.Paradoxalmente, vivem a realidade da imaginação.
Quando escrevo desencarno.
Desprezo à matéria e sobrevivo no pensamento,onde cores, perfumes, paisagens, amores e desamores, adquirem a particularidade do imaginário.
Escrever é materializar meus sonhos em um pedaço de papel.
Tudo acontece com uma velocidade espantosa, sem ponteiros.
Numa dádiva, visualizo o Olimpio! Deuses e Deusas da Mitologia.
Num piscar de olhos, dou volta ao Planeta, sem correntes.
Sou negra, loira, ruiva, morena e pergunto: Qual a cor de ser humana?
Em minhas poesias, rasgo-me!
Quero meu interior exposto e pertencer ao mundo!
Quando escrevo, não sou dona de mim, nem de minhas palavras, que passam a pertencer a todos aqueles, que tiverem sensibilidade para compreende-las.
Nas diversas categorias em que a humanidade subdividiu -se, pertenço talvez à categoria dos mais simples:
A categoria daqueles que não escondem nada de si, nem dos outros.
Sou Poeta!
Day Moraes
Enviado por Day Moraes em 10/10/2005
Código do texto: T58374
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Day Moraes
Angra dos Reis - Rio de Janeiro - Brasil
137 textos (4782 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 22:21)
Day Moraes