Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

NO INÍCIO ERA !

E o dia terminou, e eu não encontrei o amor.
O amor é coisa do passado, o certo hoje é ficar.
Não existe mais nada de romantismo,
Um passeio na lua cheia, enviar uma flor.
É  beijo aqui, beijo acolá o negócio é só beijar.
Do imaginar teu corpo sobre as vestes o erotismo.
De se ver primeiro o tornozelo, hoje aconchego corpo inteiro.
De tão fácil e farto a mulher quase não mais emana emoção.
De tudo mostrar, só falta mostrar o que está dentro.
Do barato, do vulgar aonde quer que vá vais encontrar.
Há muita gente que não mais no diferente  encontra emoção.
Polos iguais se repeliam, hoje se atraem, e fazem a festa.
Existe grande camaradagem, tudo em nome do amor.
Sexo igual a sexo fazem diversão,sexo diferente do sexo repulsão.
O que diria Eva e Adão?
A Eva ainda de pé no chão,e o Adão comendo a maçã de olho na cobra.
Foi do fruto proibido, o fruto desta poesia,
que acabou em PEDERASTIA.
Ofside
Enviado por Ofside em 25/08/2007
Reeditado em 16/04/2009
Código do texto: T623247

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Ofside
Rio Claro - Rio de Janeiro - Brasil
1661 textos (84702 leituras)
38 e-livros (808 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/08/17 20:58)
Ofside