Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Salto no Abismo: da Luz se fez Escuridão (trechos inspirados na tragédia de Icaro)

   ÍCARO, preso em um labirinto com seu pai Dédalo (construtor do labirinto) e um monstro metade homem, metade touro e devorador de carne humana, o Minotauro.
Para fugir do labirinto Dédalo tem a idéia de colar penas nas suas costas e nas do filho para saírem dali voando. Feito isso recomenda a Icaro que não se aproxime do sol, pois a cola das penas poderia se soltar e ele não resistiria à queda. Entusiasmado com o vôo Icaro se esquece das recomendações do pai e cai morto nas águas do Mar Egeu.


   A gerações grandes tragédias tem inspirado autores como uma forma de retratar a alma humana.
   Nos trechos e frases que se seguem busquei inspiração em Icaro, o jovem mitológico que para mim representa a rebeldia, desobediência, fuga da adversidade, encontro com a liberdade, realização de um sonho e, sobretudo o arquétipo de um suicida, talvez incapaz de viver sem ter um sonho como motivação.

Voar, voar
Subir, subir
Ir por onde for
Descer até o céu cair
Ou mudar de cor...
                    (música Sonho de Icaro – Biafra)


“Se quisesse Deus que os homens não morressem
Teria lhes dado asas ou eles não construiriam torres.”

Na esperança de livrar-se da adversidade, Icaro voou...
... para a morte!

“Iludido pelo brilho do astro solar, o jovem não imaginava que voava em direção as trevas.”

A favor de Icaro os sonhos
Contra os sonhos o chão.

DIALOGO COM ICARO.

- Quem és tu sobre os mortais?
- Porque te queixas por não te dar assas?
- Valeras mais do que as aves, pois ainda que não voe, podes escolher teu destino?
- Ah homem! Pobre de ti.
- Não reconheces que te dei poder sobre a vida.
- Não percebes que por te amar te fiz a mais perfeita das criaturas e onde esta tua queixa guardei tua maior riqueza.
Podes mudar teu futuro, tens o poder de decidir...

Salte...!
Mergulhe no abismo azul que se descortina por traz de nuvens brancas.
Sinta o vazio, resista ao vento, aproveite a queda, contemple o sol.
Logo conheceras o fim
Logo estarás no céu.
Eli Coelho
Enviado por Eli Coelho em 30/08/2007
Reeditado em 16/09/2007
Código do texto: T630593
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Eli Coelho
Jundiaí - São Paulo - Brasil, 38 anos
81 textos (8845 leituras)
7 áudios (956 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/10/17 11:51)
Eli Coelho