Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

TRÉPLICA DE ENCONTROS & REENCONTROS Rs t... // Martha // Rs t...

              Rs t... &  Martha Carbonieri    / /   Rs t....
 
Uma manhã primaveril
eu e você de amores
um céu cor de anil
na nossa cama de flores.
 
           Deixe que a manhã se vá,
           Das flores, fiquem as pétalas
           Pra perfumar esse amor
           O céu mandará mais delas

                     Que todas sejam amarelas
                     chuva de flores, chuva de beijos
                     um amor que pinta em aquarelas
                     sobrará pra ti , amor e desejos

Que bela manhã.
Rapunzel, Cinderela maçã,
Sonhei com teu corpo nú..
 
           Sonho, sonhado juntos
           Numa só dimensão
           Deixou tatuada a pele
           E marcou o coração

                   Do teu coração vivo uma paixão.
                   Deste encontro uma réplica
                   Dos teus lindos versos da ocasião
                   levou-me a essa tréplica.

Meu coração aos pedaços
Com meus olhos soltei os laços.
E te expus , a toda nudez.
Foi isso que ele fez.
 
         Nessa manhã de sonho
         Desatastes meus laços,
         Perdida em mil fantasias,
         Aninhada em seus braços...

                  Assim foi o nosso amanhecer
                  nas fantasias da noite.
                  Os meus braços nunca iram esquecer,
                  uma noite de amor e açoites.

Dos meus olhos as meninas.
surgiram das flores selvagens.
Uma súbita abordagem.
 
          Olhos nos olhos assim...
          Vejo-me na sua retina,
          A visão desperta a mulher
          Que ao seu toque desatina.

                   Isto porque és minha menina.
                   Aos meus olhos bela mulher,
                   que o amor tudo nos ensina,
                   corpos colados, e o que Deus quiser.
 
 
E como me encantei!
De um sonho acordei.
Sair relutei.
 
          Mas os sonhos são assim
          Deixam resquícios da paixão
          E o coração só espera
         Viver de novo a emoção.

                    Deste sonho relutei acordar,
                    queria eternamente sonhar.
                    O meu sonho prometo que conto,
                    marquemos um reencontro.
 
O que restou,
se não a noite esperar.
Ansioso estarei esperando você voltar.
Não demores meu amor.

           Abraça-me forte, e vai.
           Espera a noite chegar...
           Ela trará o luar,
           Para o nosso amor encantar...

                    Para te amar nem precisa pedir,
                    para o nosso amor jamais irei mentir.
                    Nos meus braços te quero,
                    arrebol, por do sol , luar assim te espero.
Ofside
Enviado por Ofside em 06/09/2007
Reeditado em 13/03/2009
Código do texto: T641388

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Ofside
Rio Claro - Rio de Janeiro - Brasil
1661 textos (84702 leituras)
38 e-livros (808 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/08/17 10:52)
Ofside