Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Saudades




                  A poeira da estrada cobria o mocassim, levantando pequenas nuvens no ar quente daquele final de janeiro. Os risos escancarados, frouxos, arrematavam o sotaque mineiro da menina. Música para meus ouvidos. A graça da frase, a intenção do gracejo, rematadas pela íntima relação, acariciavam meus sentidos.
                 A troca de lugares, mais que física, foi espiritual. Eram os últimos momentos, os últimos risos, a derradeira corrida ao vento.
                Nas fotos, nunca o rosto. O passo, sempre em direção ao oposto.
                Vida. Morte. Além-vida...
                Nunca mais nos olhos. Eternamente no coração
Luiz da Silva Rosa
Enviado por Luiz da Silva Rosa em 27/09/2007
Código do texto: T670332
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Luiz da Silva Rosa
Santa Isabel - São Paulo - Brasil, 61 anos
71 textos (6896 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/08/17 06:24)
Luiz da Silva Rosa