Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

EIS A VIDA.

 

Ecce homo.

 

 

Pretendo deixar aqui chancelado alguns pensamentos sobre esse evento sutil que chamamos de vida, e que, ainda não foi satisfatoriamente definido, nem pelos eminentes filósofos da antiguidade e nem tão pouco pelos modernos existencialistas que apenas tergiversaram sobre o assunto e nada mais.

A única definição mais apropriada, tendo em vista a falta de uma nomenclatura que a defina plenamente, é aquela que diz: Vida é tudo aquilo que pode se multiplicar por si mesmo, enfim, é tudo aquilo que contém em si próprios toda a informação necessária a sua organização e replicação.

É verdade que se encontram várias metáforas sobre a vida, principalmente no confuso âmbito religioso, mas essas metáforas são por demais incompreensíveis, uma porque é tendência dos religiosos entendê-las com denotação, fato que nos leva ao erro de ver a tudo como um fato real ou um acontecimento físico e histórico.

Mas segundo os mitólogos e os teólogos que estão mais afinados com o sentido da narração dos misteriosos mitos, dizem-nos eles que, as metáforas devem ser entendidas com conotação, isto é, deve-se buscar nelas a mensagem pretendida pelo autor, porque ser for entendida com a afoita denotação, fica prejudicada a mensagem que se pretendia transmitir.

Mas segundo a ciência, essa religião secular dos atuais tempos, os cientistas nos dizem o seguinte: A vida surgiu espontaneamente sobre a terra dizem os naturalistas, mas em contrapartida, dizem alguns astros-físicos que, a vida foi pulverizada sobre o planeta através da panspermia, isto é, pelos meteoros que aqui caíram ou pelos cometas que por aqui passaram.

Já que estamos falando da vida, esse evento misterioso e maravilhoso, os orientais dizem que a vida existe não como um problema para ser resolvido, mas sim como um mistério para ser plenamente vivido, exatamente como um Mysterium Tremendum et Fascinam.

Ninguém se basta por si só, e a gente para ter uma vida plena, é necessário viver com a nossa vida inserida na vida de alguém.

Para se ter uma vida plenamente vivida, é de bom tom estar sempre apaixonado pela vida e por todas as coisas que ela mesma nos oferece, pois o amor pela vida nos faz voltar aquele brilho nos olhos e o coração vivendo aos tropeços.

Portanto, viva e seja feliz!

 

 

 

 

 

Eráclito Alírio da silveira
Enviado por Eráclito Alírio da silveira em 29/10/2007
Código do texto: T715192
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Eráclito Alírio da silveira
Imaruí - Santa Catarina - Brasil, 75 anos
889 textos (142154 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/10/17 12:58)
Eráclito Alírio da silveira