Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Divina Percepção




O mistério da compreensão talvez percorra caminhos desconhecidos para aportar em território familiar. Eis a questão! A simplicidade contém o gérmen do complexo, e possui o dom de o decodificar.
Tão bela é a dinâmica da vida, da religiosidade interior do ser humano, que o arrebata em momentos e situações inimagináveis e de modo inesperado.
Talvez porque sempre existiu dentro dele o conhecimento, e o entendimento dependia apenas do silêncio das emoções, do apaziguar o desespero, para que então pudesse a alma se manifestar.
Perfeita é a percepção que surge quase de repente. Infalível sincronia de idéias, conceitos e pretextos. Nada mais poderoso que o ato da entrega incondicional! O deixar fluir-se, sem resistência alguma, sem vontade ou desejo, apenas deixar-se...
O mergulho nas profundezas do inexorável convida a alma ao desnudamento, tácito abandono da identidade.
Dar nomes é buscar condensar o que é etéreo, testemunhar o que é legítimo pelo simples fato de existir... Como reter o infinito que se espalha pela eternidade afora pulverizado na imensidão da totalidade da vida?
A descoberta não é aprender o novo, mas reconhecer o que já se sabia... E o milagre que maravilha a humanidade nada mais é que o efeito da verdade exposta em intensa e profunda claridade, que assim dissipa toda a escuridão.
Divina percepção! Dádiva que mães amorosas facilmente reconhecem, embora não a compreendam a não ser quando delas são cativas adeptas, de modo bastante singular.
Todo o Universo a ela se verga, respeitosamente a cultua.Senhora da mente sem dimensão. Posto que sois regente de amor infinito, presenteia a humanidade com o que há de mais bonito, sutil e verdadeiro. Amor incondicional, expressão da vida perfeita, unidade manifestada em infinitas formas, mas sempre a eqüidade, sempre o princípio do devir!
E quando para nós se descortina pequenas particularidades do destino, é como se nos apresentassem a humanidade e tudo se completa em unidade.
Divina percepção! Clarividência implícita da consciência desperta, do elo inquebrantável que se consolida entre a alma e a sabedoria!

Priscila de Loureiro Coelho
Consultora de Desenvolvimento de Pessoas
Priscila de Loureiro Coelho
Enviado por Priscila de Loureiro Coelho em 24/03/2005
Código do texto: T7734
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Priscila de Loureiro Coelho
Jacareí - São Paulo - Brasil, 65 anos
1286 textos (214473 leituras)
1 e-livros (147 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 25/09/16 14:24)
Priscila de Loureiro Coelho