Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Killing me softly

      Quando a tristeza me invade...guardo-me no silêncio...tranco meus
      lábios e só ouço meu coração agonizante...o único que me fala tão
perto...
      que fala a linguagem que eu entendo...que acalenta minha alma
cansada...
      fecho os meus olhos para o mundo...e leio os meus mais íntimos
medos...
      os meus descuidados segredos...ouço os sons das minhas veias
agitadas...
      Quanto mais a hora passa...mais me procuro em mim...mais
      me encontro nas lembranças de outrora...em um tempo...
      em que valia a pena viver...quando eu ainda podia  vencer os
desafios...
      diferente de hoje...quando meus pés trôpegos não me levam
      a lugar algum...e mais me afasta dos meus anseios...
      Hoje eu me cansei dos pesadelos do mundo...
      decidi que meu eu mais profundo merece uma trégua...
      olhei no espelho minhas ilusões...descobri cabelos brancos...
      rugas...e um sorriso ainda ingênuo...buscando palavras para expressar
      os sentimentos...grandes olheiras que insistem em refletir no meu
rosto...
      as poucas horas de sono...os desencantos...as mágoas que  amontoei
      nos meus ombros... que pesam...como fardos ...e que não sei jogar pela
janela...
      Pareço antiquada...tenho sonhos...quando a maioria vive apressada...
      penso em amor...desejo ser amada...enquanto as pessoas só querem se
divertir...
      Nesse mundo as avessas...eu não me encaixo...quero terminar os meus
dias
      dentro do braço amado...fazendo poesias...
      Quero apreciar muitas chuvas...como as de hoje...que pareciam minhas
lágrimas...
       lavaram meu rosto...escorreram pelo meu corpo...lágrimas anônimas...
      que desceram grossas e quentes ....cúmplices da tristeza que
      deu um tom cinza ao meu dia...
      "Mata-me suavemente" "Killing me softly" como diz a melodia...
      é para ser assim...
Angélica Teresa Almstadter
Enviado por Angélica Teresa Almstadter em 26/03/2005
Código do texto: T7978

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Angélica Teresa Almstadter
Campinas - São Paulo - Brasil, 62 anos
1054 textos (55627 leituras)
25 áudios (3274 audições)
1 e-livros (247 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/12/16 20:40)
Angélica Teresa Almstadter