Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Conselho

A maior parte dos nossos fracassos são uma combinação de medo , egoísmo e acomodação , claro que variam de pessoa para pessoa e em diferentes graus mas sempre estão presentes . É o medo do que as outras pessoas pensam ou vão dizer que impede você de acreditar e realizar seus sonhos , medo de seus pais , de seu chefe de seus amigos e às vezes até de você mesmo. É o egoísmo de ajudar os outros que impede que seus sonhos se concretizem , pois acredite ninguém faz nada sozinho , por isso ajude se um dia quiser ser ajudado. É a acomodação em uma posição já conquistada que lhe dá segurança mas ao mesmo tempo lhe impede de realizar seus sonhos , se desenvolver e ser feliz.
PENSE NISSO

"Deus nos criou sua imagem e semelhança logo somos iluminados e ilimitados , são as nossas escolhas que nos limitam. " Roberto Recinella


       Dizem que conselho só se dá a quem pede. E, se vocês me convidaram  para paraninfo, sou tentado a acreditar que tenho sua licença para dar alguns.
       Portanto, apesar da minha pouca autoridade para dar conselhos a quem quer que seja, aqui vão alguns, que julgo valiosos.
       Não paute sua vida, nem sua carreira, pelo dinheiro. Ame seu ofício com todo coração. Persiga fazer o melhor. Seja fascinado pelo realizar, que o dinheiro virá como conseqüência. Quem pensa só em dinheiro não consegue sequer ser nem um grande bandido, nem um grande canalha.
       Napoleão não invadiu a Europa por dinheiro. Hitler não matou 6 milhões de judeus por dinheiro. Michelangelo não passou 16 anos pintando a Capela Sistina por dinheiro. E, geralmente, os que só pensam nele não o ganham.
       Porque são incapazes de sonhar. E tudo que fica pronto na vida foi construído antes, na alma.
      A propósito disso, lembro-me uma passagem extraordinária, que descreve o diálogo entre uma freira americana cuidando de leprosos no Pacífico e um milionário texano. O milionário, vendo-a tratar daqueles leprosos, disse:
"Freira, eu não faria isso por dinheiro nenhum no mundo." E ela responde:
"Eu também não, meu filho".
      Não estou fazendo com isso nenhuma apologia à pobreza, muito pelo contrário.
      Digo apenas que pensar em realizar tem trazido mais fortuna do que pensar em fortuna.
      Meu segundo conselho: pense no seu País. Porque, principalmente hoje, pensar em todos é a melhor maneira de pensar em si. Afinal é difícil viver numa nação onde a maioria morre de fome e a minoria morre de medo. O caos político gera uma queda de padrão de vida generalizada.
      Os pobres vivem como bichos, e uma elite brega, sem cultura e sem refinamento, não chega viver como homens. Roubam, mas vivem uma vida digna de Odorico Paraguassu. Que era ficção, mas hoje é realidade, na pessoa de Geraldo Bulhões, Denilma e Rosângela, sua concubina.
      Meu terceiro conselho vem diretamente da Bíblia: seja quente ou seja frio, não seja morno que eu te vomito. É exatamente isso que está escrito na carta de Laudiceia: seja quente ou seja frio, não seja morno que eu te vomito. É preferível o erro à omissão. O fracasso, ao tédio. O escândalo, ao vazio.
      Porque já vi grandes livros e filmes sobre a tristeza, a tragédia, o fracasso. Mas ninguém narra o ócio, a acomodação, o não fazer, o remanso.
      Colabore com seu biógrafo. Faça, erre, tente, falhe, lute. Mas, por favor, não jogue fora, se acomodando, a extraordinária oportunidade de ter vivido.
     Tendo consciência de que, cada homem foi feito para fazer história. Que todo homem é um milagre e traz em si uma revolução. Que é mais do que sexo ou dinheiro.
      Você foi criado, para construir pirâmides e versos, descobrir continentes e mundos, e caminhar sempre, com um saco de interrogações na mão e uma caixa de possibilidades na outra.



Extraído do Livro "É divertido fazer o impossivel" Ed. Casa da Qualidade , Roberto Recinella
Roberto Recinella
Enviado por Roberto Recinella em 05/01/2006
Reeditado em 06/01/2006
Código do texto: T94703

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Roberto Recinella - www.projetosolemio.com.br). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Roberto Recinella
Campo Mourão - Paraná - Brasil, 50 anos
43 textos (8907 leituras)
5 áudios (1895 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 12:08)
Roberto Recinella