Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Entrevista para o Jornal Comércio do Jahu

Quadro: Conversa Rápida - Jornalista: Juliana Parra
publicado em 29/09/2006
link: http://comerciodojahu.uol.com.br/noticiacompleta.php?codgrupo=3&codigo=98926

Qual foi seu primeiro trabalho literário?
_ Em novembro de 2000 fiz minha primeira peça poética, com o título Amazona

A literatura representa para você...
_ Todas as idéias do homem vêm de fora de algum modo. Da sociedade que o cerca e dos livros que lê. Assim sendo, sinto que a literatura representa então uma impressão da vida, pois, na literatura, além da cultura, buscamos fatos históricos, idéias e ideais, sentimentos...

Por que escolheu escrever poesia e qual seu tema preferido?
_ Foi um tanto, digamos, por acaso. Recebia em meu correio eletrônico várias poesias com as mais belas ilustrações, mas, ficava um tanto cansado com tantos versos de amor e dor e assim, de tanto presenciar fatos, atos, convenções que escondem, mascaram as intenções do ser, resolvi investir em poesias, escrevendo alguns versos voltados mais para o social, desenvolvendo um sentido para uma idéia

Cite um trecho de uma poesia sua que o agrada muito
_ Da poesia Umas e Uns ... tudo daquilo / num todo / total num tal / um quilo de sonhos / um pouco de sal / um filho / espinha dorsal ...

Quando resolveu escrever ensaios?
_ Em 2004, quando fui convidado a participar de um grupo de discussão política

Quais os temas preferidos em seus ensaios?
_ Política social e econômica

Você é um crítico severo da corrupção política. Para você, qual seria uma solução prática e viável para minimizar esse estado de coisas?
_ Só vamos conseguir respeito e representatividade quando o poder começar a sentir nossas ações. Há mais de 20 anos o voto é a tal “arma” pela qual alvejamos apenas em nossas testas. As esperanças são vendidas pelo operante e oportunista continuísmo a cada eleição. Penso que as decepções por essas figuras partidárias que elegemos deveriam causar à sociedade um choque de realidade, onde não haveria mais espaço para as ilusões. Precisamos desse choque. Interessante imaginarmos a repercussão mundial se a população de alguns dos municípios do Brasil erguesse uma fogueira em praça pública e, todos os eleitores, no dia da eleição, jogassem o título de eleitor. Talvez, com uma ação de imediato como essa, as atenções internacionais, da opinião pública e dos tais formadores de opinião, das forças armadas e principalmente dos podres poderes perceberiam então que o povo finalmente começara a acordar

Qual texto seu teve maior repercussão?
_ Foi o texto poético Filho desse ou daquele, analisado e debatido em salas de aula da UFRJ, teste mensal dos alunos de direito/quarto período -2002. Coordenação: professora Ana Maria Mattos, licenciatura: literatura. Supervisão da professora e escritora Rosa Pena

Você divulga muito seu trabalho pela Internet. Já pensou em escrever um livro?
_ Tenho cinco textos publicados no livro Tertúlia na era de aquário, editora Espaço do Autor, que reúne vários novos poetas do Brasil. E, futuramente, a convite de uma editora de Sorocaba, lançarei meu livro de poesias e alguns ensaios

Cite alguns sites dos quais participa com seu trabalho
_ http://www.recantodasletras.com.br/autor_textos.php?id=2250
e http://www.anjoscaidos.jor.br/autores/autores/plinio.html

Você pensa em escrever textos de outros gêneros literários? Se sim, qual e por quê?
_ Penso em escrever alguns textos narrativos, relatando as ações do voluntariado e as doações de órgãos, para divulgar a importância desse sentimento humanitário como, por exemplo, desse “exército” que compõe o corpo de voluntariados do Hospital Amaral Carvalho de Jaú e desse gesto de amor, doação de órgãos, que vale a vida - o verdadeiro e único renascimento

Um poeta e um ensaísta que você admira?
_ Poetas, Manuel Bandeira e Mario Quintana. Ensaísta, Darcy Ribeiro

Você já escreveu algumas biografias. Sobre quem gostaria de escrever?
_ Sobre a vida e a importância política que teve o nosso herói jauense, capitão João Ribeiro de Barros

Um livro
_ O Velho e o Mar, de Ernest Hemingway

Que livro você relê e qual sua impressão das releituras?
_ O Feijão e o Sonho, de Orígenes Lessa. A mesma impressão de sempre, que num país de analfabetos, a poesia é uma atividade sem qualquer compensação financeira

Cite um vício literário que você abomina
_ O uso excessivo das palavras “como se fosse” nas metáforas

Um autor brasileiro que você admira
_ Erico Verrissimo
Plínio Sgarbi
Enviado por Plínio Sgarbi em 05/10/2006
Reeditado em 05/10/2006
Código do texto: T257239
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Plínio Sgarbi
Jaú - São Paulo - Brasil, 54 anos
241 textos (218016 leituras)
21 áudios (3298 audições)
5 e-livros (510 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/12/16 20:37)
Plínio Sgarbi