Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Leia a entrevista abaixo dada por mim à REVISTA UIRAPURU, no mês de agosto de 2007.

Leia a entrevista abaixo dada por mim à REVISTA UIRAPURU, no mês de agosto de 2007.

(1-) Qual a importância da leitura?

A leitura é sempre um mundo novo a ser descoberto, seja na fase infantil, infanto-juvenil, adolescente ou adulta. Quando lemos viajamos e conquistamos novos horizontes, através da nossa imaginação. Eu, particularmente adoro ler. Pois acredito que com a leitura nosso cérebro desenvolve-se mais, pois aguçamos nossa criatividade cerebral. Acho que é isso...


(2-) Você acha que o gosto pela leitura é desenvolvido na infância ou nem sempre?

Às vezes observamos uma árvore linda e não pensamos como ela se tornou linda. É possível que façamos nossas relações: bom, primeiramente alguém plantou esta árvore linda, isto é, ouve uma semente que foi plantada, regada e cuidada até a sua fase adulta. Assim, acredito que é a leitura. Precisamos começar desde cedo. Sou professor do Fundamental (1º ao 5º ano) e trabalho a leitura com eles. Porém, não de uma forma sistemática, pois a leitura deve ser acima de tudo, prazerosa. Fazemos projetos, brincamos, lemos, discutimos, dramatizamos, enfim, são inúmeras formas de desenvolver na criança o gosto da leitura, não só para ela, mas para sua vida.

(3-) O fato dos pais gostarem ou não de ler interfere no gosto das crianças?

A escola tem a sua função enquanto distribuidora do conhecimento, porém não se resume só nela. É preciso, acima de tudo, engajamento dos pais no processo do conhecimento e a leitura, não fica de fora desta tese. É preciso que nossas crianças tenham sempre o exemplo. Aliás, acho que o exemplo é tudo. Veja só: uma criança que no seu convívio familiar tem um pai e uma mãe que possuem o hábito de ler, talvez se interessasse mais. Olha, é muito provável que sim. Minha filha adora ler, mas sempre me vê lendo. Minha mulher já não gosta tanto, no entanto, é preciso que o filho se espelhe em alguém dentro de casa.


(4-) Qual sua opinião sobre ‘cultura de leitura’?

A cultura de leitura é um privilégio de poucos. Ela é necessária, sem dúvidas, mas é para poucos. Os brasileiros sem gravatas deste Brasil afora, precisam primeiramente, de dignidade, pois muitos têm fome de comida; ética, escola, segurança, saúde, moradia, família e cultura de leitura. Inseri-me neste contexto, para ressaltar a necessidade do Brasil desenvolver em todos os níveis da sociedade a cultura de leitura, pois um país se faz com bons leitores, já dizia Monteiro Lobato, o Pai do Sítio do Pica-pau Amarelo. Junto com companheiros ajudamos uma instituição sem fins lucrativos e lá fazemos nossos projetos de leitura, mas como desenvolver um projeto como este, se uma criança chega e nos diz: “tio tô com fome!”. Como desenvolver uma “cultura de leitura”? Porém, é preciso dar o primeiro passo, caso contrário será sempre assim... Eu, por exemplo, tenho um grande sonho: Sonho em comprar um ônibus e pinta-lo todo colorido com personagens da literatura infantil ou do folclore brasileiro e atravessar este Brasil afora com minha “biblioteca circulante”. Acho que esta iniciativa seria bacana. Assim sonho...


(5-) Fique a vontade para ressaltar alguma informação que julgue interessante

Primeiramente, gostaria de agradecer a oportunidade desta entrevista. Quero conhecer mais de perto este projeto de vocês, se assim for possível. Fico também a disposição para contribuir no jornal ou até dar palestras. Sou professor, publicitário, poeta e psicopedagogo. Tenho um livro de poesia lançado em 1994. E gostaria de enviar alguns exemplares para biblioteca de vocês como recordação.
O meu recado vai para a criançada: continuem, vivenciando a leitura no dia-a-dia, leiam cada vez mais livros, jornais, gibis, revistas etc., assim vocês serão excelentes leitores e através deste conhecimento serão cidadãos responsáveis e terão o poder de transformar o mundo, esse conhecimento pertence a vocês, busquem-no! Conto com vocês! Um forte abraço do novo amigo do Uirapuru.


Mais...
Acessem também uma reportagem feita pela Professora de Redação Eliana do Novo Portal ASCJ em Curitiba.

Segue o link para a atividade:
http://novoportal.ascj.com.br/ciesc/uni_noticia.php?etp_id=NDG&nnot_id=7193


Roberto Cerqueira Dauto
Enviado por Roberto Cerqueira Dauto em 11/10/2007
Reeditado em 11/10/2007
Código do texto: T689609
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Roberto Cerqueira Dauto
São Paulo - São Paulo - Brasil, 36 anos
19 textos (133469 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/08/17 15:06)
Roberto Cerqueira Dauto