Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Palavras V


Não queira tanto, não deixe ninguém saber o quanto.

A menina sabe aquela menina, não sabe nada a seu respeito.

Se aproxime antes que seja tarde – fale de seu sentimento.

Se preferir pode ficar para sempre sério.

Se quiser ser feliz faça alguém sorrir.

O humor – gostamos de gente bem humorada.

Só não sabemos controlar o nosso humor.

Queremos ser bem tratados.

Nem sempre agimos assim, com os outros.

O bom advogado é aquele que sabe ouvir.

Nem sempre a técnica pura e simples resolve o problema.

Comunique-se seu vizinho não sabe o que você está pensando.

Tristeza do ontem – hoje – não.

Os amigos virão – quase sempre não ficarão.

A falsidade impera também encerra.

O gato pulou, mas o rabo ficou.

O homem evoluiu, mas um dia pariu.

A cidade não tem culpa. Será?  O prefeito não veio de marte. O povo votou.

Da janela ela observou a lua. A lua por sua vez emprestou o brilho.

A moça não notou que a idade passou.

As roupas não servem. O corpo não aceita, apesar do esforço da alma.

Um coração voando baixo, com as batidas do mar bravio.






atanazio mario fernandes Lameira
Enviado por atanazio mario fernandes Lameira em 24/02/2006
Código do texto: T115610
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
atanazio mario fernandes Lameira
Laguna - Santa Catarina - Brasil
364 textos (12407 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 00:36)
atanazio mario fernandes Lameira