Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Assanhos dos Trepadores

Quando dois pensam iguais uma delas é suspeita.

O amor não paga taxas, mas sempre há um comprador em sua porta.

Quando um pequeno cisco cai na água cristalina,vira entulho.

O pior do tombo é a vergonha.

Há mais homens olhando do que fazendo.

Há mais palhaços na arena do que público disposto a rir.

Há mais corrupção em prosseguimento do que rezas em andamento.

Há mais igrejas em construção e mais que pecadores em ação.

Todo vidro tem seu dia de trincar.

Há juízes, há juízes e juízes e juízes.

Nunca vi um político corrupto tomar água pura.

O adultério é igual a uma mina: um dia você vai pisar nela.

Você pensa, ele pensa, logo depois, todo mundo diz que pensa. E sai todo mundo pensando em que pensar.

Todo político, quando discursa, coloca de vez em quando a mão nos bolsos.

Às vezes escolha a escuridão.É mais seguro.

A rosa mais esplendorosa do jardim é a primeira a ser colhida pelo nobre jardineiro.

O problema não é saber se há vida inteligente na terra; o problema é saber se ela está funcionando. Não..não! Não estou falando nem de Lula, nem de Bush !

A doçura do primeiro beijo vai te levar, um dia, à leveza dos Prozacs da vida.

Um amor às escuras envolve risco do pai ter um gerador portátil.

Digo que sei e não sei e quando sei, ainda duvido do que possa vir a saber.

O torno está sempre nas esquinas das capintarias esperando a frágil madeira.

A dubiedade é o princípio de todas as religiões.

Toda mulher carente convive com dois espelhos.

A porta aberta chama atenção de todo mundo.

Os vizinhos e amigos sabem guardar bem nossas coisas emprestadas.

O homem mata mais do que o cigarro. E nunca ninguém disse que ele faz mal prá saúde.

O princípio da coisa está no volume da conta bancária.

As pedras estão em constante movimento. Só percebe este fato inusitado quem consegue viver mais de mil anos.

Uma bobagem dita com sabedoria torna o homem um sábio.

Faça como seu próximo , evite-o.

A dimensão da solidão dos homens se mede por quantas horas ele passa num bar.

Nos EUA,as paredes não tem ouvidos, tem FBI.

É bêbado que a gente compreende melhor o mundo, e logo a gente fica com vontade de beber mais prá fugir dele.

Quando a morte bate é que começa nosso problema existencial.

Tenha piedade de seu próximo.Mas não se apiede demais senão quem vai ser apiedar de você é ele.

Todo homem, em permanente ligação com as coisas do mundo, mais parece uma antena parabólica.

A abelha faz o mel para alguma coia; menos para o homem.

Meu dois telefones não tocam sem parar.

O da direta sempre está de olho no da esquerda.

Aquela mulher era tão elétrica que tinha um trio de amantes.

Na hora do sal é que a gente tem saudades do açúcar.

Entenda que a vez chega uma vez só.

Não deixo em branco aquilo que posso preencher com o vazio dos outros.

O homem não pode ver uma árvore que tem vontade logo de derrubá-la.

São terrenas as pessoas que estão buzindo atrás de nós.

Tenho grande dificuldade em me comportar como gente numa festa de gente.

Deixe seu espírito voar sobre as imensidões. Mas não o deixe fugir.

Ser criança é um estado altamente predatório.

Ser mulher é estar em todos os lugares ao mesmo tempo, cercada de gente, e chegar a conclusão que não está em lugar nenhum.

Desconfie de quem toma chá em copo de uísque e sente gosto de cerveja.

Ninguém é corrupto para sempre ou fiel até que a morte os separe.

Respeite a privacidade dos outros.Conviva com ela.

Desconfio das coisas fáceis e mais ainda com as dadas.

Há frutas que, mesmo que você não queira, tem que, necessariamente de ser comidas.

Nas prisões mais se serra do que se reza.

Nunca desconfie das coisas baratas.Compre-as.

José Kappel
Enviado por José Kappel em 05/05/2006
Código do texto: T150880
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
José Kappel
Nova Friburgo - Rio de Janeiro - Brasil
2147 textos (26783 leituras)
1 e-livros (125 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 12:38)
José Kappel