Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

outono

a caneta escorre no papel. não há nada de novo. o mesmo vazio. a mesma melancolia. o cinzento do outono. as folhas a morrerem no chão. e eu a morrer por dentro.
lunapensativa
Enviado por lunapensativa em 07/05/2005
Código do texto: T15339
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
lunapensativa
Portugal, 45 anos
114 textos (10410 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/08/17 00:46)
lunapensativa