Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

espelho meu...

A nudez tomou conta do meu modo de ser: nu dez! Sou e sou apenas, nu. Nem me imagino vestido, seria um vestido despido! Sou, sou apenas... Sem penas, sem pena. Sou o ser olhando espelho vazio, a palavra espelho: sou o que sou, quem sou.
Francisco Coimbra
Enviado por Francisco Coimbra em 15/05/2006
Reeditado em 15/05/2006
Código do texto: T156599
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Francisco Coimbra
Portugal
785 textos (310483 leituras)
37 áudios (39565 audições)
1 e-livros (148 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 12:20)
Francisco Coimbra