Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

     

         Pára-choques (3)

                     (Frases de domínio público - net)



· Se ferradura desse sorte, burro não puxava carroça.

· "Por cinco minutos na cabine do caminhão, ele levou dois anos de prisão".

· Marido de mulher feia tem ódio de domingo e feriado.

· Por falta de roupa nova, passei ferro na véia!

· Quem dá aos pobres, tem que pagar o Motel!

· Os últimos serão desclassificados!!!

· Mulher feia é igual giló. Pouca gente come.

· Visitas sempre dão prazer. Se não na chegada, na saída. 

· Prefiro ser um bêbado conhecido do que um alcoólatra anônimo.

· Eu quero morrer em paz, durante o sono, como o meu avô, e não gritando aterrorizado, como os seus passageiros...

· Em rio de piranhas, jacaré nada de costas.

· Beijo não mata a fome mas abre o apetite.

Maurélio Machado
Enviado por Maurélio Machado em 28/06/2006
Código do texto: T183753
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Maurélio Machado
São Bento do Sul - Santa Catarina - Brasil
7707 textos (1651622 leituras)
2 áudios (1128 audições)
88 e-livros (6116 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 06:54)
Maurélio Machado