Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SAUDADE

ASSIM COMO NAO SE SABE PARA AONDE VAI A AGUA DO MAR
E NEM TAO POUCO DE ONDE VEM, ASSIM E A SAUDADE.
BEL CAETANO
Enviado por BEL CAETANO em 18/08/2006
Reeditado em 19/08/2006
Código do texto: T219578
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
BEL CAETANO
São Paulo - São Paulo - Brasil
411 textos (16198 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/01/17 00:05)
BEL CAETANO