Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

CITO:

Citações

A vida é uma roseira: as flores são as alegrias que caiem, os espinhos são as dores que permanecem. (?)

As amizades que se fundam em interesses, em interesses terminam. (Guevara, escritor espanhol do século XV-XVI)

Sem amigos ninguém escolheria viver, mesmo que tivesse todos os outros bens. (Aristóteles em Ética a Nicómano)

Pelas roupas rasgadas mostram-se os vícios menores, as vestes de cerimónia e as peles escondem todos eles. (W. Shakespeare)

A pintura é poesia silenciosa, a poesia é pintura que fala. (Simónides de Ceos, poeta grego)

Podemos correr todo o mundo buscando o que é belo mas se já não o trazemos connosco não o encontraremos. R. Emerson, (filósofo e poeta Norte americano)

 Existe a penas um bem; o saber, e apenas um mal; a ignorância. (Sócrates)

O homem deseja tantas coisas, e no entanto precisa de tão pouco. (Goethe)

Quem acolhe um benefício com gratidão, paga a primeira prestação da sua dívida. (Séneca)

O homem que não comete erros geralmente não faz nada. (E. Phelps, advogado)

Sobre uma cabeça arrependida não se abaixa a espada. (Pedro I. Czar da Rússia)

Nos negócios não existem amigos, apenas clientes. (A. Dumas)

A paciência dos povos é a manjedoura dos tiranos. (Marchi, escritor italiano)

Se eu fosse rei, instituiria cátedras para ensinar a calar. (Lope de Vega)

Os políticos deviam cursar administração e boas maneiras. (?)

Alberto Carvalheiras
Enviado por Alberto Carvalheiras em 05/11/2006
Código do texto: T283035
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Alberto Carvalheiras
Portugal, 73 anos
323 textos (10326 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 00:04)
Alberto Carvalheiras