Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Humanidades


Diga-me no que acreditas e terei idéia do teu grau de sensibilidade, mas se acreditares só nas coisas materiais, nem precisas me dizer que eu verei por mim mesmo.



O ser humano é um semideus não divinizado pela infinita distância que o projeto ficou do produto, por enquanto.



A sensibilidade é um privilégio para os que não sofrem por tê-la e uma maldição para os que só conseguem se sentir impotentes, isolados ou alijados.
Edbar
Enviado por Edbar em 08/09/2007
Código do texto: T643321
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Edbar www.recantodasletras.com.br). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Edbar
Recife - Pernambuco - Brasil, 66 anos
2915 textos (84498 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/08/17 02:18)
Edbar