Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Olhei pela janela (da paixão)

"A paixão é um tempero de belezas.
Ela aviva o que estava nublado de desinteresse.
É o tempero da vida numa hora inesperada"

"A paixão é um estado de meditação, não se consegue pensar em nada"

"A paixão excita um mundo que ninguém vê"

"Mesmo como instrumento do cotidiano, do comum, o apaixonado sente o especial de cada detalhe"
 
"A paixão torna eterna e sofrida a espera pelo sossego.
Quando sossega...
É eterna e sofrida a espera pela volta da paixão"

"A paixão é um desvio de passos, que dificilmente se repete no dia seguinte.
Que dificilmente acerta a química dos dois corações.
Erra e esquece de funcionar na eterna espera pelo reencontro"

"Na paixão, quando contribuída...
O amor aparece interessado
Pelos traços da vida contida num apaixonado"

Poeta Vane Kolyn
Enviado por Poeta Vane Kolyn em 12/10/2007
Código do texto: T691428
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Poeta Vane Kolyn
Santo André - São Paulo - Brasil, 32 anos
34 textos (1806 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/08/17 11:40)
Poeta Vane Kolyn