Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

(a)3

“contornos na recta”
Não hesitei, gostei do título! A geometria assumindo a fantasia, fantástico! Depois do título vem o poema, uma arquitectura, um discurso... Teu poema diz o curso da(s) palavra(s) em teu pensamento moldado de sensibilidade: habilidade quase artesanal, arte na idealização. E, fica tudo dito, ter ideias é a melhor ideia!...
Irei continuando estas frases, aliando à leitura a escrita. Feita (a) lida, está dita: tida... de_tida!
(05-05;14)
Dou por mim a pensar que a leitura sairia envergonhada se dela não deixasse letras que não estavam antes escritas, mas é nessas que re_pousará esta memória "Para clarear a noite/ Que acorda em meus olhos"!...
(05-05;15)
O efeito dum título ou a importância dos nomes: troquei “a experiência da arte moderna” com 5 leituras em 14 dias (duas semanas) por “a arte desolada”, isto antes e durante: no nome e no corpo do texto! Junto-lhe este efeito do contágio que não sei se funcionará, quem saindo daqui procurará a “crónica”? Veremos...
(05-05;16)
Comentário sem ser a favor, nem pelo contrário, vivendo o interior deste cenário! Leio e penso, es_cre_vendo... Creio, acredito, aceito, assento a ideia: a importância de ler por aqui, neste espaço que se deseja para a leitura e a escrita. Vou registar uma primeira impressão, a escrivaninha é um local de escrita. Estou escrevendo porque, percebendo e aceitando o seu ponto de vista, resolvi passar a vir aqui escrever aproveitando esta realidade: procurando o encontro entre leitura e escrita, saio aqui de cena. Abraço.
(05-05;17)
Francisco Coimbra
Enviado por Francisco Coimbra em 05/04/2005
Reeditado em 05/04/2005
Código do texto: T9898
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Francisco Coimbra
Portugal
785 textos (310485 leituras)
37 áudios (39565 audições)
1 e-livros (148 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 14:34)
Francisco Coimbra