CapaCadastroTextosÁudiosAutoresMuralEscrivaninhaAjuda



Texto

Colocação dos pronomes oblíquos átonos na norma culta

 

·         Orientações gerais práticas

 

1º) Não é válido indicar oração com pronome oblíquo.

2º) A próclise é sempre válida.  (desde que o verbo não apareça no início da oração e nem haja pausa antes dele).

 

·         Uso de próclise
 

Próclise obrigatória

Quando, antes do verbo, aparecem os seguintes fatores de próclise:

 

- Sujeito expresso

(Elisa me ligou ontem).

- Palavras negativas

(Seus amigos nunca nos ajudaram)

- Advérbios

(Ela disse que talvez se mude para o interior)

- Pronomes         

 

      _ relativos:

      que, onde, o qual, a qual, os quais, as quais, cujo.   

      (Essa é a novidade que se comenta aqui)
 

     _ indefinidos:

     alguém, ninguém, tudo, todos, etc.

     (Naquele lugar, tudo me era estranho)

 

- Preposição em acompanhada por verbo no gerúndio

(Em se tratando...)

- Conjunções subordinativas

(Iremos à festa, se nos convidarem)

- Em orações iniciadas por palavra interrogativa, exclamativa ou optativa

(Quem te contou isso?)

(Como te iludes, meu amigo!)

(Deus te ajude!).

 

Obs.: pronomes demonstrativos (este, esta, isto, aquele, aquela, aquilo) e conjunções coordenativas (aditivas, adversativas, alternativas, explicativas e conclusivas) NÃO ATRAEM OS PRONOMES OBLÍQUOS.
 

 

·         Uso de mesóclise
 

Só ocorre com verbo no futuro (do presente e do pretérito) e é:

 

_ Obrigatória: quando o verbo, no futuro, inicia a oração.

(Alegrar-me-ia muito rever meus bons amigos.)

 

_ Opcional: quando o verbo, no futuro, ocorre no interior da oração.

(O acusado apresentar-se-á à Justiça. / O acusado se apresentará à Justiça.)

 

Obs.: Havendo palavra atrativa, usa-se próclise.
(O acusado não se apresentará.)

 

·         Uso de ênclise
 

_ Quando o verbo inicia a oração.

(Entregou-me a carta, abraçou-me e retirou-se da sala).

 

_ Após pausa – silêncio, na fala; sinal de pontuação na escrita.

(Hoje, pensa-se de outro modo
 

 

·       Pronomes oblíquos nas locuções verbais
(v.auxiliar + v. principal)

 

O pronome oblíquo pode, como regra geral, posicionar-se antes, no meio ou depois dos verbos que formam uma locução verbal.

(Ela se vai magoar./ Ela vai(-)se magoar. / Ela vai magoar-se.)

 

Obs.: Após particípio não se coloca pronome oblíquo.

 (Eu lhe tenho falado; eu tenho-lhe falado)

 

 

Fonte: http://pessoal.educacional.com.br

 

KATHLEEN LESSA
Enviado por KATHLEEN LESSA em 23/05/2008
Reeditado em 19/09/2013
Código do texto: T1001527
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (http://pessoal.educacional.com.br ). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.

Comentários

Obras à venda

Sobre a autora
KATHLEEN LESSA
São Paulo - São Paulo - Brasil
3219 textos (1755138 leituras)
12 áudios (6490 audições)
35 e-livros (40864 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 26/07/14 14:13)

Site do Escritor