CapaCadastroTextosÁudiosAutoresMuralEscrivaninhaAjuda



Texto

“ISTO POSTO” OU “POSTO ISSO”?

Existem duas importantes advertências a serem feitas acerca do uso da expressão ISTO POSTO para referir-se a algo que acabou de ser dito ou escrito. A primeira tem a ver com o emprego do pronome demonstrativo ISTO ou ISSO; a segunda tem a ver com o lugar do pronome na expressão.

I – Quanto à primeira advertência:

ISTO, ESTE, ESTA informam o que vai ser dito a seguir.

Exemplos:
A grande verdade é ESTA: Filisbina mentiu para todos.
A sugestão da diretoria certamente será ESTA: arquivem-se os processos.

ISSO, ESSE, ESSA, por sua vez, falam do que já foi dito.

Exemplos:
Filisbina mentiu para todos. ESSA é a grande verdade.
Arquivem-se os processos. ESSA certamente será a sugestão da diretoria.
Posto ISSO, resta apresentar a conclusão da perícia.

Quanto à segunda advertência é preciso observar que a forma nominal do verbo [PARTICÍPIO e GERÚNDIO] deve vir ANTES do SUBSTANTIVO. Inverter essa ordem, segundo ensinam os estudiosos do idioma, seria incorrer em galicismo.

Exemplos:
*A festa acabada, os convidados partiram. [evitável]
*Isso posto, foi pedida ao egrégio Tribunal a absolvição do réu. [evitável]

Acabada a aula, os alunos saíram. [certo]
Posto isso, foi pedida ao egrégio Tribunal a absolvição do réu. [certo]

*Trata-se de construções francesas, e não portuguesas.
David Fares
Enviado por David Fares em 04/06/2011
Código do texto: T3013690
Classificação de conteúdo: seguro

Comentários

Sobre o autor
David Fares
Teresópolis - Rio de Janeiro - Brasil, 52 anos
863 textos (1252243 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/10/14 07:27)