CapaCadastroTextosÁudiosAutoresMuralEscrivaninhaAjuda



Texto

Formas Nominais do Verbo

Sabemos que o verbo está inserido dentre as classes gramaticais, e que também é o termo que mais sofre flexões, seja de número, pessoa, modo, tempo e voz.
O mesmo conceitua-se como sendo a palavra que exprime ação, estado ou mudança de estado e fenômeno da natureza.
E para falarmos sobre as formas nominais do verbo, é importante sabermos o “porquê” desta denominação, ou seja, em certas circunstâncias, este verbo pode assumir o papel de um nome (substantivo, adjetivo ou advérbio).
As formas nominais são:
Infinitivo - É quando o verbo apresenta-se na sua forma original, isto é, ele não é conjugado. Para melhor entendimento, é preciso lembrar-se daquelas três terminações: primeira conjugação - AR; segunda conjugação - ER; terceira conjugação - IR.
No caso do infinitivo, temos o Pessoal, no qual o processo verbal se relaciona a um ser. Como por exemplo: Eu preciso fazer atividade física.
E o Impessoal, onde o processo verbal não se restringe a nenhum ser, ou seja, não existe sujeito se relacionando com o verbo.
Exemplificando, temos: Fazer atividade física é essencial à saúde.
Gerúndio - indica uma ação verbal incompleta ou prolongada e possui a terminação -NDO.
A garota estava estudando quando a convidei para sairmos.
Estou memorizando estas fórmulas para o teste de amanhã.
Particípio - revela o tempo passado da ação verbal e sua ocorrência manifesta-se nas locuções verbais, nos tempos compostos e nas orações reduzidas. Sua terminação é em ADO e IDO. Vejamos:
Se você tivesse avisado, não teria chegado antes.
Aprovado no concurso, iniciarei meu projeto.

Comenta ai galera!!
Luzinho
Enviado por Luzinho em 08/06/2011
Reeditado em 08/06/2011
Código do texto: T3021831

Comentários

Sobre o autor
Luzinho
Caraguatatuba - São Paulo - Brasil
10 textos (2242 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/04/14 23:05)