Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Introdução Ao Estudo Da Acentuação de Palavras

Sílaba tônica é a mais forte de uma palavra.
Todas as palavras da Língua Portuguesa (de mais de uma sílaba) têm acento tônico.
Só uma das três últimas sílabas de qualquer palavra pode ter esse acento.
Nem toda sílaba tônica é marcada por sinal diacrítico; há palavras que não requerem sinais gráficos para que a pronunciemos com a tonicidade correta.
De acordo com o local da sílaba tônica, as palavras são clasificadas assim: Oxítona, caso a sílaba tônica seja a última sílaba da palavra; paraxítona, no caso da sílaba tônica recair na penúltima sílaba; proparoxítona , se a antepenúltima sílaba for a acentuada.
Palavra alguma de nosso idioma tem mais de uma sílaba tônica, muito menos recebem mais de um sinal de tonicidade. A palavra órgão, acórdão, por exemplo, tem dois sinais diacríticos cada  uma, mas apenas um sinal tônico, que, no caso, é o de acento agudo (´). O “til”  dessas palavras servem apenas para nasalizar as respectivas vogais. Porém, nos casos em que não há outros sinais tônicos na palavra, e houver uma sílaba com um til, esta sílaba será a tônica.
Quando você lê uma palavra deslocando o acento tônico, comete uma silabada, um  erro de prosódia (porque deslocou o acento tônico) e de ortoépia (porque pronunciou incorretamente um vocábulo). Então, para evitar todos esses problemas, é melhor você aprender a acentuar e a pronunciar corretamente os vocábulos. Você evita complicações e nunca vai encontrar ninguém chamando-o de “cacoépico” (pronúncia feia a dessa palavra, não?).
Com as palavras proparoxítonas, não há dificuldade alguma, pois todas elas recebem o sinal gráfico de acentuação. Exemplos: Tímpano, sôfrego, olímpico,  época, cágado (pelo amor de Deus, não cometa silabada nesta palavra!).

Já as palavras oxítonas têm umas regrinhas, muito fáceis de memorizar. Aprendendo bem as regras das oxítonas, para saber ler e escrever as paroxítonas não haverá dificuldades.
Feitas essas observações, continuaremos este estudo noutro tópico. Reiniciaremos com o estudo das palavras oxítonas e paroxítonas.


Pedro Cordeiro
Enviado por Pedro Cordeiro em 01/01/2012
Reeditado em 03/01/2012
Código do texto: T3417253
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Pedro Cordeiro
Campina Grande - Paraíba - Brasil, 54 anos
354 textos (192708 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/12/14 20:04)



Rádio Poética