Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

CONCORDÂNCIA NOMINAL - EXERCÍCIOS

__________________________________________________________________

Segunda Parte

 

Os exercícios de Concordância Nominal, devido a grande quantidade, estão divididos em três partes. Ao final destes, vocês encontrarão os meios para acessar os demais.

Para as dúvidas: Concordância Nominal (1). (clique no link)

Faça a Concordância Correta, rasurando o termo incorreto.

• Exemplo: Estamos [quite/ quites] com o serviço militar.

83. Para quem esta entrada é [proibido / proibida]?

84. [Anexo / Anexos] estavam os documentos.

85. Vai [anexo / anexa] a declaração solicitada.

86. As certidões [anexos / anexas] devem ser seladas.

87. [Anexo / Anexos] seguem os formulários.

88. Não tinham [bastante / bastantes] motivos para faltar.

89. As crianças estavam [bastante / bastantes] crescidas.

90. O governo destinou [bastantes/ bastante] recursos.

91. Suas opiniões são [bastante / bastantes] discutidas.

92. Os filmes que assisti eram [bastante / bastante] interessantes.

93. Tenho [bastante / bastantes] razões para julgá-lo.

94. Viveram situações [bastante / bastantes] tensas.

95. Estavam [bastante / bastantes] preocupados.

96. A sala tinha [bastante / bastantes] carteiras.

97. Eram moças [bastante / bastantes] competentes.

98. Suas opiniões são [bastante / bastantes] discutidas.

99. Examinamos [bastante / bastantes] planos.

100. Eles faltaram [bastantes / bastante] vezes.

101. Examinamos [bastantes / bastante] projetos.

102. Eles faltaram [bastantes / bastante] vezes.

103. Há [bastante / bastantes] meses, contou-me seu segredo.

104. Estavam [bastante / bastantes] informados da situação.

105. Estavam [bastante / bastantes] preocupados com o filho.

106. A sala tinha [bastante / bastantes] carteiras.

107. Procure comer [bastantes / bastante] frutos.

108. As matas foram [bastante / bastantes] danificadas pelo fogo.

109. As crianças estavam [bastante / bastantes] crescidas.

110. Chegou mais ou menos meio-dia e [meia / meio].

111. Creio que ela ficou [meia / meio] frustrada com a notícia.

112. Agora é meio-dia e [meio / meia].

113. Tenho uma colega que é [meia / meio] ingênua.

114. Ela apareceu [meio / meia] nua.

115. Manuel está [meio / meia] gripado.

116. Acolheu-me com palavras [meio / meias] tortas.

117. As crianças ficaram [meia / meio] gripadas.

118. Nunca fui pessoa de [meio / meia] palavra.

119. A vizinha já anda [meio / meia] furiosa.

120. A sereia é [meio / meia] mulher [meio / meia] peixe.

121. A casa estava [meia / meio] velha.

122. Quero [meio / meia] porção de fritas.

123. As janelas estavam [meio / meia] fechadas.

124. A porta ficou [meia / meio] aberta.

125. Ela caiu e ficou [meio / meia] tonta.

126. Quando cheguei era meio-dia e [meia / meio].

127. A carne está [meia / meio] estragada

128. A situação do país é [meia / meio] incerta.

129. Nós [mesmo / mesmos] edificaremos a casa.

130. Eles são [mesmos / mesmo] responsáveis.

131. Ela [mesma / mesmo] agradeceu.

132. Elas [mesmo / mesmas] fizeram a festa.

133. Os alunos [mesmo / mesmos] darão à redação final.

134. Ela não sabia disso [mesmo / mesma].

135. Tudo depende delas [mesmas / mesmo / mesmos].

136. Nossas contas parecem as mais exatas [possível / possíveis].

137. Escolhemos as cores mais vivas [possível / possíveis].

138. Os juros estão o mais elevado [possível / possíveis].

139. Os quadros eram os mais clássicos [possível / possíveis].

140. Enfrento problemas o mais difíceis [possível / possíveis].

141. Enfrento problemas os mais difíceis [possível / possíveis].

142. Visitamos os mais belos museus [possível / possíveis].

143. As crianças viajarão [junto / juntas] a mim.

144. Elas sempre chegam [junto / juntas].

145. Elas nunca saíram [juntas / junto].

146. A filha e o pai chegaram [junto / juntos].

147. Mãe e filho moravam [junto / juntos].

148. Os fortes sentimentos vêm [junto / juntos].

149. É [permitido / permitida] entrada franca a estudantes.

150. Para quem esta entrada é [proibido / proibida]?

151. Não é [necessário / necessária] a ação da polícia.

152. Para trabalho caseiro é [bom / boa] uma empregada.

153. Naquela casa não é [permitido / permitida] a entrada.

154. São eles [mesmos / mesmo] responsáveis pela derrota.

155. Não tenho [meio / meios] para levar uma vida melhor.

156. Carla não quis sair porque está [meia / meio] cansada.

157. Agora é meio-dia e [meio / meia].

158. Essas funcionárias sempre chegam [juntos / juntas].

159. [Anexo / Anexos] estamos enviando os documentos.

160. Sua família tinha [menas / menos] riqueza que a nossa.

161. Manoel e Virgílio estão [quite / quites] com o Serviço militar.

162. Você é inteligente, [de maneiras / de maneira] que vai aprender.

163. Todas as guarnições militares estavam [alerta / alertas].

164. [Excetos / Exceto] os dois menores, todos foram presos.

165. Vossa Excelência está [enganada / enganado], Doutor Juiz. ®Sérgio.

Para ter acesso ao gabarito, clique AQUI!

Tópicos Relacionados: (clique no link)

Concordância Nominal - Primeira Parte.

Concordância Nominal - Segunda Parte.

Concordância Nominal – Exercícios - Primeira Parte.

Concordância Nominal - Exercícios - Terceira Parte

________________________________________

Se vocêencontrarerros (inclusive de português), relate-me. Só enriquecerá o texto.

Agradeço a leitura e, antecipadamente, qualquercomentário. Volte Sempre!

Ricardo Sérgio
Enviado por Ricardo Sérgio em 24/09/2005
Reeditado em 28/07/2012
Código do texto: T53324
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Sobre o autor
Ricardo Sérgio
Campo Grande - Mato Grosso do Sul - Brasil, 69 anos
1281 textos (21196916 leituras)
7 e-livros (8549 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 14:32)
Ricardo Sérgio