Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SUPERSALÁRIO, SUPER-HOMEM, SUPERDOSAGEM: COM OU SEM HÍFEN?

Uma regra para você não errar nunca mais.

Escreve-se com hífen ou sem? Com dois "SS" ou somente um?

Como você escreve: super-salário, supersalário ou superssálário?

O Acordo Ortográfico não alterou a grafia das palavras formadas com os prefixos super-, hiper- e inter-: escrevia-se antes e escreve-se agora com hífen, se a palavra seguinte (depois do prefixo) iniciar com "h" ou "r".
Daí, escreve-se com hífen super-homem, super-habilidoso, super-resistente, inter-racial, super-rápido, hiper-reagente, super-herói, super-humano, inter-racial e super-hidratação.
Sem hífen escrevem-se as demais formações, em que o termo seguinte não começa com "h" ou "r": internacional, intermédio, intermunicipal, hipermídia, superdosagem, superfaturamento, supermercado, intercâmbio, interativo e intercessão.

GOSTOU? COMPARTILHE.
A questão do "esse" dobrado: escreve-se superssalário ou supersalário?

Superada a questão do hífen (uma vez que salário começa com "S", escreve-se sem hífen, tudo junto), resta saber se o "S" é dobrado ou não.
Até a vigência do Acordo Ortográfico, escrevíamos contra-razões de apelação; daí em diante passamos a escrever contrarrazões, dobrando o "erre". Estranho, bizarro, mas agora parte do português formal. Acostuma-se.
De acordo com as novas regras, quando se emprega o prefixo contra-, utilizamos o hífen em dois casos:
1. quando o segundo elemento começar com "h", como em contra-habitual e contra-harmonia;
2. quando o termo seguinte iniciar com a mesma vogal que termina o prefixo, como em contra-acusação, contra-argumento, contra-arrazoado, contra-ataque.
Nos demais casos escreve-se tudo junto, sem hífen: contracapa, contracheque, contrafé, contraoferta.
Além disso, se o termo seguinte começar com "r" ou "s", o "r" ou "s" será duplicado, como é o caso de contrarrazões e, também, contrarregra, contrarreforma, contrarréplica, contrasseguro, contrassenso, contrassistema.
A mesma regra que rege "contra-" é seguida por muitos outros sufixos, como ante, anti, arqui, auto, contra, extra, infra, intra, neo, proto, pseudo, sobre, supra, ultra.
Daí temos antessala, anterrosto, antenupcial e  antediluviano; anti-histamínico, antissemítico, anti-islâmico, antiterrorismo, antissísmico, antissocial, antirrábico, anti-higiênico e anti-infeccioso; arquidiocese, arquissacerdote, arquirrival e arquiacólito; automóvel, autogerido, autossuficiente, autorretrato;  contrarrevolução, contrarregra, contrassenso, contra-alegação, contra-abertura; extraordinário e extrassecular; infrassom, infrarrenal e infravermelho; intrarracial e intra-arterial, intrassubjetivo e intra-auricular;  neorrealismo e neocapitalismo; protossolar; pseudocarpo e pseudorreação; semisselvagem, semirrígido e semiaberto; sobre-humano, sobrecapa, sobreabundante, sobreagudo, sobressaia, sobrerroda; suprassumo, suprassenso, suprassensorial, suprarrenal, ultrassonografia, ultrarromântico, ultra-ativo, ultra-atividade, ultra-humano, ultrarresistente, ultrassom, ultrarradical.

SEJA LEAL. NÃO COPIE, COMPARTILHE.
Portanto, escreve-se superssalário, pois não?

Não. Isso porque o prefixo super- não acompanha a regra dos prefixos acima.
Em geral, você encontrará explicações do "como é" e não do "porque é".; ou seja, decoreba, o que é mais difícil de fixar. Mas a explicação é muito fácil de entender, e ajudará a gravar a regra. Vamos a ela?

Regras de fonética e ortografia. A letra "S": som de "S" entre vogal e consoante; som de "Z" nos demais casos

Segundo as regras de fonética e ortografia, quando a consoante "S" é grafada entre duas vogais, assume a pronúncia de "Z": casa, acesa, mesa, desânimo, fuso, música, casamento, decisão, lousa; nos demais casos (quando inicia ou termina a palavra, quando é escrita entre duas consoantes ou uma vogal e uma consoante), tem o som de "SS" ou "Ç": sensacional, satisfação, sensato, singelo, seco, sutil, garotas, flores, após, atlas, óculos, absurdo, consulta, suspense, intenso.

Existem exceções, claro, como é o caso de intransitivo; transação; transacionar; transamazônica; transe; transeunte; transição; trânsito; transitório.

QUER RECEBER DICAS? SIGA O BLOG.

Regras de fonética e ortografia: a letra "R": som de "R" entre vogal e consoante
A regra fonética para a letra "R" é semelhante, mas não idêntica: entre duas vogais, assume o som de "RR", entre duas consoantes, uma vogal e uma consoante ou final do vocábulo tem o som de "R".
Entretanto, no início da palavra a pronúncia é mais forte, como dois "RR": Rita, Rosa, Reno, rude, ríspido, rato; barraca, churrasco, corrupto, desforra, errado, garrafa, carro, caro, hora, raro, hora, computador, barba, fardo, falar, namorar, aranha, arranha, tesoura, arara.
Aqui também há exceções, quando o "R", embora entre duas vogais, assume a pronúncia fraca, de "r": enraivecido, enrolar, enredo, genro, honrado.
Depois da nova regra (a pronúncia do "esse" e o "erre"), o que se pode concluir?

Se super-, hiper- e inter- são prefixos que terminam com consoante (erre) e os prefixos acima elencados (infra, arqui, auto, contra, extra, infra, intra, neo, proto, pseudo, sobre, supra, ultra)  terminam, todos, com vogal, escreve-se supersalário, e não superssalário, porque o "S" assume o valor de "SS" entre vogal e consoante (ou em qualquer caso, menos quando entre duas vogais). O contrário seria um contrassenso. Com dois "esses", ou pronunciaríamos "contrazensso".

GOSTOU? COMPARTILHE.

DEIXE SEU COMENTÁRIO. SEMPRE É POSSÍVEL MELHORAR
 

Pude ser útil?
Se sim, visite, compartilhe os blogs e acompanhe as publicações.
Se não, estou à disposição para esclarecer qualquer dúvida. Basta escrever, ok?
Um abraço, obrigada pela visita e fique à vontade.

 Obrigada pela visita!

QUER RECEBER DICAS? SIGA O BLOG.

SEJA LEAL. NÃO COPIE, COMPARTILHE.
TODOS OS DIREITOS RESERVADOS
Respeite o direito autoral.
Gostou? Clique, visite os blogs, comente. É só acessar:
CHAPÉU DE PRAIA
MEU QUADRADO
"CAUSOS": COLEGAS, AMIGOS, PROFESSORES
GRAMÁTICA E QUESTÕES VERNÁCULAS
PRODUÇÃO JURÍDICA
JUIZADO ESPECIAL CÍVEL (O JUIZADO DE PEQUENAS CAUSAS)
e os mais, na coluna ao lado. Esteja à vontade para perguntar, comentar ou criticar.
Um abraço!
Thanks for the comment. Feel free to comment, ask questions or criticize. A great day and a great week!
Maria da Gloria Perez Delgado Sanches
Maria da Glória Perez Delgado Sanches
Enviado por Maria da Glória Perez Delgado Sanches em 21/08/2017
Código do texto: T6091133
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Você deve citar a autoria de Maria da Glória Perez Delgado Sanches e o). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Maria da Glória Perez Delgado Sanches
Itanhaém - São Paulo - Brasil
348 textos (395995 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/11/17 09:57)
Maria da Glória Perez Delgado Sanches